A Dama e o Vagabundo
A Dama e o Vagabundo (Imagem: Divulgação)

A conta no Twitter da Walt Disney Studios divulgou um teaser do aguardado live-action de A Dama e o Vagabundo. Diferente de outras produções do tipo, o filme fará sua estreia mundial no serviço de streaming Disney+ no próximo dia 12 de novembro.

Entretanto, os fãs brasileiros precisarão aguardar até novembro de 2020 para assistirem ao filme, uma vez que a plataforma não estará disponível no país antes da data. As estimativas são de que o serviço chegue ao país por cerca de R$ 9,90 mensais.

Não é surpresa que analistas apontem a Disney como um concorrente de peso no mercado de streaming, que atualmente é dominado pela Netflix, basta lembrarmos que além de todo o material original que a empresa produziu ao longo de seus mais de cinquenta anos de vida, a Disney também é dona da Fox, o que significa que produções já consagradas do canal como Os Simpsons, Malcolm, Arquivo-X, além de produções da National Geographic e da Pixar estarão disponíveis ao público.

Além de A Dama e o Vagabundo, a Disney também anunciou uma lista de novas produções originais que chegaram ao Disney plus, entre elas estão a aguardada The Mandalorian um western espacial ambientado no universo de Star Wars, Monsters at Work, série baseada na franquia Monstros S.A, também ganhará uma série de televisão o personagem “Loki” da Marvel.

Além disso, a hoje saudosa série Lizzie McGuire, originalmente transmitida entre 2002 e 2004 e estrelada pela atriz e cantora Hilary Duff, deve ganhar uma continuação.  Não é só na quantidade de conteúdo que a Disney pretende rivalizar com a Netflix, diferente do serviço que nos deu o conceito de “Binge watching” (termo que descreve o ato de “maratonar” uma temporada de uma única vez) o Disney Plus deve liberar os episódios de suas séries originais semanalmente.

,

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui