A Gente Se Vê Ontem combina viagens no tempo e violência racial

A Gente Se Vê Ontem (See You Yesterday) é um novo e muito interessante filme exclusivo da Netflix que estreia em maio, e pode ser de grande interesse de muitos por combinar viagens no tempo e questões raciais.

Dirigida por Stefon Briston e com produção de Spike Lee, o filme é baseado em um curta-metragem montado pelo próprio Bristol em 2017. O trailer promete uma história que pode alcançar o próximo nível, combinando elementos muito chamativos para o público.

 

 

A sinopse de A Gente Se Vê Ontem

 

“C.J. e Sebastian são adolescentes, melhores amigos e prodígios da ciência. Por isso, passam o maior tempo possível trabalhando em seu último projeto: mochilas para viajar no tempo.

Quando Calvin, o irmão mais velho de C.J., morre depois de uma abordagem policial, os amigos decidem usar o seu projeto inacabado para voltar no tempo, em uma tentativa desesperada de salvá-lo.

A Gente Se Vê Ontem é uma aventura de ficção-científica cheia de amor pela família, reflexão sobre as barreiras culturais e o desejo universal de mudar os erros do passado.”

Como é possível constatar, a trama de A Gente Se Vê Ontem combina temas que são os favoritos da ficção científica, com movimentos de alta vigência cultural e racial, como por exemplo o Black Lives Matter. Sim, você pode não acreditar nisso, mas as vidas negras importam sim.

É bem o mix que podemos esperar com a combinação do espírito da obra de H.G. Hells e a visão de Spike Lee, que acaba de voltar aos holofotes do entretenimento depois do grande sucesso que foi o seu excepcional Infiltrados na Klan.

A Gente Se Vê Ontem tem no seu elenco Eden Duncan-Smith, Danté Crichlow, Marsha Stephanie Blake, Brian “Stro” Bradley, Johnathan Nieves, Wavyy Jonez, Myra Lucretia Taylor, e Ron Bobb Semple. O filme tem estreia global na Netflix em 17 de maio de 2019.

 

bostancı escort