Tem diretores que gostam de atuar em pequenos papéis nos seus filmes. E, para quem assistiu A Forma da Água, saiba que seu diretor e co-roteirista, Guillermo del Toro, estava no filme.

Mas não o procure em alguma cena. Sua participação não pode ser vista, mas sim, ouvida.

Nathan Robitaille, supervisor da montagem do som, revelou que Del Toro interpretou a respiração da criatura da história. Os efeitos sonoros aqui foram fundamentais para que o público entendesse a relação que se estabelece entre o monstro e a protagonista (Sally Hawkins).

Alguns sons e ruídos feitos por Del Toro foram captados para serem inseridos em alguns momentos íntimos do casal, buscando uma textura mais carismática para a respiração da criatura. E foi a respiração de Del Toro a captada entre as filmagens de cada tomada a base para tudo isso.

Ou seja, toda vez que o monstro respira, estamos ouvindo Guillermo del Toro atuando. Isso fica muito evidente quando a criatura está fora da água e fica sem ar.

A Forma da Água está indicado a 13 Oscars, incluindo os dois prêmios de som.

 

Via IndieWire