“A Vida Invisível” é indicado ao Independent Spirit Awards; Confira lista

A Vida Invisível
A Vida Invisível (Foto: Divulgação)

“A Vida Invisível”, drama dirigido por Karim Ainuz, era uma das principais apostas para representar o Brasil na categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar. Infelizmente, o nosso país ficou de fora da lista de pré-indicados. No entanto, o longa foi lembrado no Independent Spirit Awards, premiação que acontece no dia 08 de fevereiro de 2020, e concorre ao lado de filmes como “Os Miseráveis” e “The Souvenir”.

Confira a lista completa dos indicados:

Melhor Filme

A Hidden Life

Clemency

História de um Casamento

The Farewell

Uncut Gems

 

Melhor Diretor

Alam Har’el – Honey Boy

Benny Safdie, Josh Safdie – Uncut Gems

Julius Onah – Luce

Lorene Scafaria – As Golpistas

Robert Eggers – O Farol

 

Melhor Estreia Diretorial

A Gente se vê Ontem

Diane

Fora de Série

The Climb

The Last Black Man in San Francisco

The Mustang

 

Melhor Atriz

Alfre Woodard – Clemency

Elisabeth Moss – Her Smell

Hong Chau – Driveways

Karen Allen – Colewell

Mary Kay Place – Diane

Renée Zellweger – Judy

 

Melhor Ator

Adam Sandler – Uncut Gems

Chris Galust – Give me Liberty

Kelvin Harrison Jr. – Luce

Matthias Schoenaerts – The Mustang

Robert Pattinson – O Farol

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Jennifer Lopez – As Golpistas

Lauren “Lolo” Spencer – Give me Liberty

Octavia Spencer – Luce

Taylor Russell – Waves

Zhao Shuzhen – The Farewell

 

Melhor Ator Coadjuvante

Jonathan Majors – The Last Black Man in San Francisco

Noah Jupe – Honey Boy

Shia LaBeouf – Honey Boy

Wendell Pierce – Burning Cane

Willem Dafoe – O Farol

 

Melhor Roteiro 

Chinonye Chukwu – Clemency

Jason Begue, Shawn Snyder – Ao Pó Voltará

Noah Baumbach – História de um Casamento

Ronald Bronstein, Benny Safdie, Josh Safdie – Uncut Gems

Tarell Alvin Mccraney – High Flying Bird

 

Melhor Roteiro de Estreia

Fredrica Bailey, Stefon Bristol – A Gente se vê Ontem

Hannah Bos, Paul Thureen – Driveways

Bridget Savage Cole, Danielle Krudy – Blow the Man Down

Jocelyn Deboer, Dawn Luebbe – Greener Glass

James Montague, Craig W. Sanger – The Vast of Night

 

Melhor Direção de Fotografia

Todd Banhazl – As Golpistas

Jarin Blaschke – O Farol

Natasha Braier – Honey Boy

Chananun Chotrungroj – A Terceira Esposa

Pawel Pogorzelski – Midsommar: O Mal não Espera a Noite

 

Melhor Edição

Julie Béziau – A Terceira Esposa

Ronald Bronstein, Benny Safdie – Uncut Gems

Tyler L. Cook – Sword of Trust

Louise Ford – O Farol

Kirill Mikhanovsky – Give me Liberty

 

Prêmio John Cassavetes

Burning Cane

Colewell

Give me Liberty

Premature

Wild Nights With Emily

 

Prêmio Robert Altman

“História de Um Casamento”

 

Melhor Documentário

American Factory

Apollo 11

For Sama

Honeyland

Island of the Hungry Ghosts

 

Melhor Filme Estrangeiro

A Vida Invisível, Brasil

Os Miseráveis, França

Parasita, Coreia do Sul

Retrato de Uma Jovem em Chamas, França

Retablo, Peru

The Sourvenir, Reino Unido

 

Prêmio Piaget de Produção

Mollye Asher

Krista Parris

Ryan Zacarias

 

Prêmio Someone To Watch

Rashaad Ernesto Green – Premature

Ash Mayfair – A Terceira Esposa

Joe Talbot – The Last Black Man in San Francisco

 

Prêmio Truer Than Fiction

Khalik Allah – Black Mother

Davy Rothbart – 17 Blocks

Nadia Shihab – Jaddoland

Erick Stoll & Chase Whiteside – América

 

Prêmio Anual Bonnie 

Marielle Heller

Lulu Wang

Kelly Reichardt

 

 

A Vida Invisível – Comentários da Critica

O filme dirigido por Ainuz foi muito elogiado e no Rotten Tomatoes, por exemplo, possui uma ótima avaliação. Em 26 análises da crítica especializada, o drama conseguiu uma aprovação de 88%. O consenso diz: “Poderosamente agida e rica em emoções, a Vida Invisível seduz no momento e deixa uma impressão prolongada e onírica.”

“‘Vida Invisível’ é uma mistura inusitada de casual, triste, quase mítico e carnalmente explícito…” – Anthony Lane, do New Yorker.

“Um sonho acordado, saturado em som, música e cor para combinar com sua profundidade de sentimento.” – Guy Lodge, da Variety.

“O louvável melodrama desafia os conceitos de uma sociedade patriarcal.” – Dennis Schwartz, do Ozus ‘World Movie Reviews.

“O filme tem um caráter mais natural que parece quase um documentário.” – Javier Ocaña, do El Pais (Espanha).

“A Vida Invisível de Eurídice Gusmão parece uma memória misteriosa e ambígua, nublada, potente e florida. Ele o envolve completamente e, no final, é difícil tirar isso da sua memória.” – Andrew Kensall, do Stabroek News.

O longa brasileiro, ambientado no Rio de Janeiro nos anos 50, é estrelado por Carol Duarte, Julia Stockler, Gregório Duvivier, Bárbara Santos, Flávia Gusmão, Maria Manoella, Antonio Fonseca, Cristina Pereira, Márcio Vito, Nickolas Antunes, Gillray Coutinho e Fernanda Montenegro.

Assista ao trailer:

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort