Abaixo-assinado pede sequência de Alita: Anjo de Combate

Alita: Anjo de Combate
Cena do trailer do filme Alita: Anjo de Combate, lançado em fevereiro de 2019 (Reprodução/YouTube – 20th Century Fox)

Depois de sua decepcionante passagem pelos cinemas, parecia que o filme Alita: Anjo de Combate (2019) seria esquecido. Entretanto, não é o que tem ocorrido recentemente. O longa de Robert Rodriguez, que contou com produção de James Cameron e Jon Landau e foi produzido a partir do roteiro desenvolvido por Cameron, Rodriguez e Laeta Kalogridis, agora se tornou alvo de um abaixo-assinado online. No documento, fãs pedem a segunda parte do filme.

No requerimento, feito no site Change.org e criado pelo usuário Phillip Grube, o autor pede que as pessoas assinem caso elas apoiem a ideia de ver James Cameron e Robert Rodriguez lançando o longa Alita: Anjo de Combate – Parte 2. Para isso, Phillip garante que a história tem uma grande base de fãs. “Este filme foi claramente criado para sequências e tem uma forte base de fãs, tanto daqueles que são fãs de Alita há anos desde o mangá quanto daqueles que, como eu, foram os primeiros a serem apresentados a Alita através deste filme inovador”, diz a petição.

E o abaixo-assinado tem encontrado grande apoio. Com o objetivo de chegar a 75 mil assinaturas, a petição já tem, até o momento do fechamento deste texto, mais de 65 mil assinaturas. Apesar disso, não há nenhuma informação sobre uma futura sequência do longa. Tendo arrecadado por volta de apenas US$ 405 milhões de bilheteria, após um orçamento empregado de US$ 200 milhões.

Além disso, parte da crítica também não ficou satisfeita com o filme. Embora tenha encontrado uma aprovação satisfatória no Rotten Tomatoes, atingindo o patamar de 61%, nem todos os analistas de cinema ficaram empolgados. Por conta desses motivos, a Fox não manifestou um interesse em produzir uma segunda parte do filme, lançado no mês de fevereiro. Para quem quiser conferir o longa, ele está disponível no sistema de aluguel e compra do YouTube e do Google Play Filmes.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.