Abaixo-assinado pedindo retorno de Johnny Depp em Piratas do Caribe ganha força

Keira Knightley e Johnny Depp em Piratas do Caribe – A Maldição do Pérola Negra (Imagem: Reprodução)

Após interpretar com sucesso o icônico Jack Sparrow por cinco filmes da franquia Piratas do Caribe, Johnny Depp deixa a saga e não retorna para a sexta produção. Desde que os rumores da continuação da história surgiu e a informação de que o protagonista não estaria de volta, muitos fãs ficaram bastante inconformados.

A saída do ator foi em meio ao seu tumultuado divórcio. Sua ex-esposa Amber Heard alegou ter sido vítima de agressões. E depois disso o caso continuou ganhando novos capítulos, com acusações de ambas as partes. No entanto, recentemente o jornal Daily Mail divulgou um áudio em que a atriz confessa ter agredido Depp. O fato gerou movimentação nas redes e algumas pessoas até pediram pela demissão da Heard de Aquaman 2.

E agora, nos últimos dias, uma petição pedindo pelo retorno de Johnny Depp para Piratas do Caribe 6 voltou a ganhar força. O abaixo feito no Change.org já soma mais de 85 mil assinaturas. “Ele está desempenhando esse papel desde 2003, quando o vimos chegar ao Port Royal em seu barco, com aquela música épica de fundo tocando”, disse um trecho da petição. “Mas você pode imaginar alguém retratando isso em vez dele? Ou nenhum Jack Sparrow?”

 

Piratas do Caribe sem Johnny Depp

No ano passado, em entrevista ao CinemaBlend, atores que fizeram parte da franquia deram suas opiniões sobre seguir a saga sem o interprete de Jack Sparrow. Vince Lozano, que viveu o pirata Jacoby em Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra, de 2003, destacou que não é uma tarefa simples, e que a ideia de outro ator vivendo o mesmo personagem de Depp não seria “inteligente”.

“Johnny Depp foi icônico no papel de Jack Sparrow e muito poderoso, assim como foi Geoffrey Rush, Orlando Boom, Keira Knightley e todos os outros. Quero dizer que acho difícil substituir esses atores, porque eles estão muito conectados com os filmes… Eu sempre sou a favor de coisas diferentes, mas, se eles tentarem substituir Jack Sparrow por outro ator, certamente não seria algo inteligente de se fazer”, disse o ator.

Já Martin Klebba, que interpretou Marty em todos os filmes da saga, comentou: “Parte de mim diz: ‘como você faz um filme de Jesus sem Jesus?’. Mas, se eles seguirem em outra direção… Acho que teria que ser alguém que atrai muita, muita bilheteria, porque eu não sei se a história vai segurar os fãs antigos se não for algo com o qual eles possam se manter”.

Até o momento a Disney não se pronunciou sobre o assunto.

Craig Mazin, roteirista de Todo Mundo em Pânico 3 e 4, e Se Beber Não Case! 3, além de ser o criador da série Chernobyl, foi o escrito para desenvolver a nova história. E Ted Elliott, responsável pelo roteiro dos quatro primeiros filmes da franquia, atuará ao lado de Mazin.