Academia toma decisão sobre a participação de Hamilton no Oscar

Hamilton, musical de Lin-Manuel Miranda
Hamilton, musical de Lin-Manuel Miranda (Divulgação)

A  Academia de Artes e Ciências Cinematográficas está mudando diversas regras para permitir que projetos lançados no mundo do streaming possam concorrer ao Oscar no próximo ano. Contudo, um grande questionamento surgiu a respeito de Hamilton, a versão filmada de uma apresentação da Broadway de 2016 que está atualmente no catálogo do Disney+. Segundo uma matéria do site Vulture, as mudanças das regras são bem amplas para que Hamilton possa se infiltrar entre os concorrentes, mas talvez consigam barrar sua participação.

A mudança nas regras do Oscar aconteceram por conta da pandemia que fez com que diversos filmes fossem lançados diretamente em serviços de streaming e plataformas sob demanda. Hamilton estava programa para chegar aos cinemas em outubro de 2021, mas a Disney e Lin-Manuel Miranda decidiram lançar a apresentação da Broadway neste mês.

Apesar de vários precedentes para que Hamilton participe do Oscar, a Academia parece ter tomado sua decisão e não incluir o espetáculo na premiação. Segundo a academia, uma produção gravada em palco não é elegível para receber prêmios. Outras premiações como o Globo de Ouro e o HFPA ainda não se pronunciaram sobre se Hamilton poderá concorrer. Hamilton já conquistou 11 Tonys, um Grammy e um Pulitzer.

Ainda de acordo com a Vanity Fair, a Disney não está descartando a possibilidade de conseguir alguns troféus para Hamilton. O estúdio planeja enviar o projeto para vários prêmios da associação e deixá-los decidir sobre sua elegibilidade. A Disney também planeja enviar o filme para a Academia de qualquer maneira, possivelmente com o argumento de que vários filmes de comédia stand-up foram elegíveis anteriormente. Vale ressaltar que o Oscar já deu uma indicação de Melhor Ator a James Whitmore por conta de uma versão filmada da peça Give ‘Em Hell, Harry em 1976.

Agora resta esperar para saber se a Academia manterá sua posição ou se a Disney conseguirá colocar Hamilton para concorrer com outras produções lançadas nos serviços de streaming.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.