Adaptação da Blumhouse promete Drácula diferente de tudo que o público já viu

Drácula - A História Nunca Contada
Drácula – A História Nunca Contada (Reprodução)

Uma nova adaptação de Drácula pode surgir a qualquer momento, tanto na televisão, quanto no cinema, produzida pela Blumhouse, empresa que está se especializando em filmes de terror. Dirigido por Karyn Kusama, o filme está buscando mudar a percepção de que o vampiro é um herói romântico.

O romance original inclusive não tem uma narrativa comum, e sim documentos escritos, como cartas e diários de bordo, além de artigos de jornal retratando eventos sobre os personagens. E nenhum deles, tem o ponto de vista do próprio conde.

“Algo que foi esquecido nas adaptações do passado é a ideia de múltiplas vozes. De fato, o livro está cheio de diferentes pontos de vista, e o único ponto de vista ao qual não temos acesso, e a maioria das adaptações dá acesso, é o próprio Drácula. Então, eu diria que, de alguma forma, essa será uma adaptação chamada Drácula, mas talvez não seja o mesmo tipo de herói romântico que vimos em interpretações passadas de Drácula”, explicou ela ao Dread Central.

Essa nova versão fará parte da revitalização do Dark Universe, série de filmes inspirada nos monstros clássicos da Universal. Já são esperados, além de Drácula, Frankestein, Homem Lobo, e Montro do Lago Ness.

Anteriormente, o projeto contava com A Múmia, de Tom Cruise para ser o pontapé do projeto, mas o filme frustrou expectativas tornando-se um verdadeiro fiasco de público e crítica, além do próprio Tom Cruise ter dificultado negociações para participar das sequências do longa.

O Homem Invisível, que estreou no início deste ano, foi um sucesso, garantindo a continuidade do Dark Universe com a Blumhouse no comando. A nova versão de Dracula pretende se afastar de Drácula: A História Nunca Contada, filme de 2014, e mostrar o conde nos dias atuais. Ainda não se sabe qual ator viverá o personagem.