Akon consegue 6 bilhões de dólares para criação de sua Wakanda da vida real

Akon City
Akon City (Divulgação)

Há algum tempo, o cantor de R&B Akon, manifestou o desejo de construir uma cidade que se assemelhasse a Wakanda, local africano isolado mostrado no filme Pantera Negra, da Marvel. Para ele, o local deveria ter alta tecnologia, e ser acolhedor com pessoas de todas as etnias, inclusive aquelas que sofrem preconceito por conta da cor de sua pele. Na época, ele foi criticado, e alvo de piadas pela imprensa e redes sociais, mas o projeto denominado Akon City está avançando, e nesta segunda-feira (30), foi anunciado um investimento no valor de 6 bilhões de dólares para a construção que começará no início do ano que vem.

Em uma coletiva de imprensa para falar sobre a Wakanda da vida real, Akon disse que espera que seu projeto proporcione os empregos necessários para os senegaleses e também servisse como uma “casa em casa” para negros americanos e outros que enfrentam injustiças raciais. “O sistema os trata injustamente de tantas maneiras diferentes que você nunca pode imaginar. E eles só passam por isso porque sentem que não há outro jeito. Portanto, se você está vindo da América ou da Europa ou de outro lugar da diáspora e sente que deseja visitar a África, queremos que o Senegal seja sua primeira parada”, disparou.

O cantor nasceu nos Estados Unidos, embora possua pais senegaleses, e passou parte de sua infância no país, marcado pelas dificuldades estruturais. Em 2018 por exemplo, apenas 44% das casas rurais tinham eletricidade. Com o investimento feito no país, Akon que tem o nome de batismo Aliuane Thiam, passou a ser tratado como cidadão honorário por lá, e teve sua atitude vangloriada pelo governo local sobretudo num momento de incerteza econômica em meio à pandemia.

A AkonCity como está sendo chamada será construída em Mbodienne, a 100 km da capital do Senegal, para onde o cantor viajou nesta segunda-feira. “O COVID-19 semeou dúvidas em todos os lugares. Isso significa que quem tinha dúvidas sobre a atratividade do Senegal e da África em geral deve se convencer de que há homens e mulheres que acreditam na África”, disse Alioune Sarr, ministro do turismo. A primeira fase do projeto deve ser concluída em três anos. Segundo Akon, é uma honra que sua cidade seja comparada a Wakanda.

ankara escort