Além da série, Kung Fu vai ganhar um reboot para o cinema dirigido por David Leitch

Kung Fu

O remake de Kung Fu, que foi confirmado como uma série que trará uma mulher como protagonista, ganhará também uma versão em filme que será dirigida pelo cineasta David Leitch. De acordo com o site Deadline, o ator irá assumir o novo projeto, que ainda não tem uma equipe de roteiristas montada.

A série que passou ainda nos anos de 1970, contou a história de um monge, que foi interpretado pelo falecido ator David Carradine. O personagem era perito em artes marciais, e acabou fugindo da China, após a morte de seu mestre.

Depois da fuga, ele acabou indo parar nos oeste dos Estados Unidos, onde vive defendendo os desamparados e ainda combatendo bandidos. As informações sobre a estreia do novo longa, e ainda sobre quais atores irão compor o seu elenco, ainda não foram divulgadas.

Já a série de Kung Fu com protagonista feminina, está sendo desenvolvida pelo produtor de Arrowverso, Greg Berlanti, que está trabalhando em parceria com Christina M. Kim. A produtora e roteirista de Blindspot e Hawaii Five-0, e a produção é de responsabilidade da rede americana The CW.

A versão da CW vai se passar já no século 21, e contará a história de uma mulher descendente de asiáticos, que acabou largando a faculdade após uma grande crise. Depois do fato, ela embarcou em uma jornada que acabou por mudar toda a sua vida.

Antes, a personagem vivia em um mosteiro isolado na China, agora ela resolveu voltar para sua cidade natal nos Estados Unidos, que para seu desespero, encontra um local invadido por crimes e corrupção, assim ela começa a usar suas habilidades em artes marciais, para proteger a comunidade local, além de se esforçar em levar os criminosos para à justiça. A jovem também estará obstinada em achar o assassino de seu mentor, Shaolin, e conseguir se vingar.

 

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.