Angelina Jolie aceitou condição peculiar para gravar Tomb Raider

Angelina Jolie como Lara Croft em Tomb Raider (Imagem: Divulgação)

Aos 45 anos de idade, Angelina Jolie é dona de uma trajetória de destaque em Hollywood. Com status de superstar, chega a ser difícil imaginar que uma produção não queira contar com a presença da estrela no elenco. Porém, nem sempre foi assim e, em seu passado, a atriz precisou aceitar condições peculiares para participar de alguns filmes, entre eles, Tomb Raider que selou sua carreira.

Isso porque, o passado da filha de John Voight está repleto de polêmicas. O que conferiu à atriz uma fama de “problemática” entre os executivos de Hollywood que não a achavam responsável.  A própria Jolie admitiu que, em sua juventude, atravessou tempos “ombrios” e “pesados”, chegando até mesmo a se descrever como uma sobrevivente. 

Por isso ela encontrou dificuldades para conseguir papeis. Ao fazer um teste para viver Lara Croft, a atriz propôs fazer o teste de drogas todos os dias. “Ela disse: ‘olha, eu quero fazer isso, mas sei qual minha reputação, serei confiável, vou aparecer e vou trabalhar duro’. Ela disse ‘não ligo se o estúdio quer que eu faça testes de drogas todos os dias”, lembrou o diretor de produção Simon West.

Por falar em Angelina Jolie, Salma Hayek concedeu uma entrevista no último mês de abril ao site Total Film na qual exaltou a estrela que contracenou recentemente no longa Os Eternos. “Angelina nasceu para ser uma super-heroína! O resto de nós somos como desajustados e todos heróis, e eu sou sua líder. Isso soa realmente apropriado. Tipo ‘Sim, por que não? Vamos nessa!’. Isso me fez sentir como ‘talvez eles estejam fazendo algo diferente’, e estão”, afirmou a atriz.

Hayek ainda elogiou o trabalho da diretora Chloé Zhao, com quem trabalhou antes de entrar para o filme da Marvel. “A diretora é incrível. Você viu seu primeiro filme? Domando o Destino? Fiquei impactada. O que mais me animou foi a diretora. Ela é incrível”, elogiou.