Animaniacs de volta em 2020! Vem ni mim!

2018 mal começou, e já é melhor que 2017 por causa das pequenas pílulas de felicidade que o mundo nos oferece. E uma dessas pílulas é o anúncio do revival de Animaniacs.

Eu adorava esse desenho. De verdade. Era algo diferente da maioria dos desenhos da minha época de infância/pré-adolescência. E olha, que eu sou velho (38 anos, quase 39).

A maioria dos meus desenhos animados de infância envolviam famílias singulares na idade da pedra ou no futuro, bichinhos azuis que viviam em comunidade e o grupo de uma cruza entre humanos e felinos que lutavam contra um esqueleto falante. Ah, sim… tinha o He-Man também, um cara bem estranho, que usava uma cueca peluda e levantava uma espada gritando pelos seus poderes.

Alguns desenhos eram bem mais interessantes. Caverna do Dragão, por exemplo, foi quase uma quebra de paradigma na minha vida. Mostrava uma estrutura de roteiro diferenciada, mesmo com alguns elementos se repetindo sempre. E um plot twist no final da série digno de uma grande produção.

Com o avançar da década de 1990, o Cartoon Network fez com que a linguagem e a proposta dos desenhos animados mudassem radicalmente. Com produções originais e temas mais ágeis, o canal sempre acompanhou as novas tendências, e até mesmo a mudança de comportamento das crianças das novas gerações.

Esse avançar do CN fez com que outros canais e grupos de entretenimento reformulassem suas propostas, apresentando desenhos que também se conectavam melhor com as crianças e pré-adolescentes desse novo tempo. E um dos desenhos que melhor se aproveitou disso foi justamente Animaniacs.

Era uma proposta ousada. Tirava sarro da Warner Bros. de forma desprovida de qualquer pudor. Apostava no humor físico e, em alguns casos, humor chão (com limites) para fazer rir. Ao mesmo tempo, não abria mão da inteligência na hora de oferecer temas mais complexos e propostas de humor diferenciadas para um desenho animado teoricamente voltado para as crianças.

Entendo que, hoje, é o tipo de desenho que funciona. Obviamente não chegará no nível de humor ácido de Rick and Morty, mas com certeza vai seguir com esses diferencias para contar suas histórias. Mesmo porque Steven Spielberg volta como produtor executivo da trama, e alguns dos responsáveis pela série original retornam para os novos episódios.

A nova versão de Animaniacs estreia em algum momento de 2020. Meio longe, eu concordo. Porém, as temporadas anteriores dessa animação, os dois spin-offs produzidos (Pinky e o Cérebro e Pinky, Felícia e o Cérebro) e a animação Tiny Toon Adventures (do mesmo grupo Warner Bros.) desembarcam no Hulu, para que todos possam matar as saudades.

bostancı escort