Após adiamento, diretor revela se Festival de Cannes vai ganhar edição virtual

Festival de Cannes (Imagem: Divulgação)

A pandemia do novo coronavírus foi responsável por causar uma alteração nas agendas de grandes eventos nas mais variadas áreas. A saída para muitos festivais de cinema, como o de Animação de Annecy, na França, foi cancelar, porém, o diretor-geral Thierry Fremaux, do Festival de Cannes, não compartilha desta ideia.

O responsável por uma das cerimônias mais badaladas do cinema mundial disse que prefere correr o risco de não ter uma edição em 2020, a optar por uma transmissão via internet neste ano. O evento realizado na França marcado para acontecer entre os dias 12 e 23 de maio, foi adiado inicialmente para junho ou julho. As informações são da revista Variety.

“Para Cannes, com sua alma, sua história, sua eficiência, é um modelo que não funcionaria. O que é um festival virtual? Uma competição digital? Nós deveríamos começar perguntando aos donos dos direitos se eles concordam”, declarou Fremaux.

O cineasta explicou que como produções criadas para serem exibidas no cinema como Top Gun 2 e a animação Soul, da Pixar, tiveram que ter os seus lançamentos adiados, não seria uma boa ideia exibi-los antes para uma plateia virtual. “Por que iríamos querer mostrá-los antes, num dispositivo digital?”, questionou. 

“Diretores são movidos pela ideia de mostrar seus filmes em uma tela de cinema e compartilhá-los com outros em eventos como festivais, não para seus trabalhos acabarem em um iPhone”, disse mostrando o seu verdadeiro posicionamento sobre insistir na edição presencial. “Filmes de Wes Anderson ou Paul Verhoeven não funcionariam num computador”, seguiu justificando.

Fremaux usou Parasita, grande vencedor do Oscar deste ano, levando quatro estatuetas nas categorias que estava concorrendo, como exemplo. Antes, o drama sul-coreano foi exibido em Cannes e ganhou a Palma de Ouro.

O destino do Festival de Cannes segue incerto, e só deve acontecer, de fato, com o fim da pandemia da covid-19, ou até mesmo quando estiver mais controlada na Europa. No momento, a França é um dos países mais afetados pela doença, contando já com cerca de 9 mil mortes causadas pela avanço do vírus na sociedade.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.

bostancı escort