Após Grey’s Anatomy, Sandra Oh passou por momento complicado na carreira

Sandra Oh como a detetive Eve em “Killing Eve” (Imagem: Divulgação)

A vida das minorias pode ser complicada em muitas situações do dia a dia. E para os artistas isso também acontece com frequência. Quem vê Sandra Oh hoje, um sucesso enorme como a protagonista de “Killing Eve” e um sucesso maior ainda como a incrível Dra. Cristina Yang, de “Grey’s Anatomy”, não para pra pensar que nem sempre foi assim.

Para chegar onde chegou, com seu reconhecimento super merecido, a atriz teve que enfrentar situações bem chatas e muitas vezes desanimadoras. Tanto que ela chegou a pensar que, depois de sua saída do drama médico de sucesso da ABC, criado por Shonda Rhimes, sua carreira tinha acabado, que não havia mais espaço pra ela em Hollywood.

Depois de interpretar a melhor amiga de Meredith Grey (Ellen Pompeo) por 10 temporadas e se tornar tão querida pelo público, Sandra Oh voltou a passar por situações parecidas com as que viveu antes de entrar na produção. O seu próprio agente teria falado para ela voltar pra casa, revelando que ela já não teria mais espaço. “Ele me disse que já tinha outra atriz asiática no elenco dele e que ela não fazia um teste há 3 meses”, contou para a CBC.

Mesmo quando ainda estava em “Grey’s Anatomy”, a atriz canadense, filha de imigrantes coreanos, chegou a dizer que estaria ali apenas para cumprir a “cota asiática”. Sua atuação foi muito elogiada e sua personagem se tornou uma das mais queridas da série. Por seu papel ela conquistou em 2006 um Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão e no mesmo ano ainda recebeu o Screen Actors Guild.

 

Mais um sucesso na TV

Felizmente para ela e para seus inúmeros fãs, a situação deu uma virada e tanto. A carreira de Sandra Oh voltou a prosperar quando ela descobriu que tinha sido escolhida para viver a protagonista de “Killing Eve”. Depois de todos os momentos complicados, ela mal pôde acreditar na grande notícia. “Quando meu agente me disse, ‘Você é Eve’, eu simplesmente não conseguia acreditar”, contou a atriz no Jimmy Kimmel Live!.

A série da BBC America estreou em 8 de abril de 2018 e a partir daquele momento novas conquistas surgiriam na vida da artista. Desenvolvido por Phoebe Waller-Bridge (Fleabag), o drama já possui duas temporadas completas, com um total de 16 episódios. E a produção já tem uma 3ª temporada confirmada, prevista para estrear em em 2020. A atriz estrela o programa ao lado de Jodie Comer, Fiona Shaw, Owen McDonnell e Kirby Howell-Baptiste.

Por sua atuação, Sandra Oh conquistou um feito muito importante, uma indicação ao Emmy de Melhor Atriz. E esse ano ela ganhou um Globo de Ouro de Melhor Atriz em Série Dramática, um Screen Actors Guild de Melhor Atriz em Série Dramática e um Critics’ Choice Award também por seu desempenho como a atriz principal da produção. Já a produção, conquistou em 2019 o prêmio Peabody. E por sua 1ª temporada, um prêmio BAFTA de Melhor Série Dramática e uma indicação ao Globo de Ouro.

“Killing Eve” está disponível no Globoplay.

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.

bostancı escort