Ari Aster, diretor de Hereditário faz revelação sobre próximo filme

Ari Aster
Ari Aster, diretor de Hereditário (Reprodução)

Ari Aster, diretor de cinema da nova geração, revelou um pouco de como será seu próximo projeto. Aos 33 anos, o cineasta alcançou o sucesso de público e crítica em seu primeiro longa, Hereditário (2018), que chegou a arrecadar 79 milhões de dólares em bilheteria mesmo contando com um orçamento de apenas 10 milhões de dólares.

Sem entrar em maiores detalhes, Aster que também é responsável por Midsommar – O Mal Não Espera a Noite (2019), revelou que seu novo projeto terá quatro horas de duração, e será uma ‘comédia de pesadelo’. Esse tipo de subgênero não costuma ser tão comum para os brasileiros, mas para os americanos está mais para um filme de terror misturado com comédia.

“Tudo o que eu sei é que serão 4 horas de duração”, disse ele em um evento online realizado pela universidade de Santa Barbara. O diretor costuma descrever seus filmes de forma um tanto enigmática, já que Midsommar – O Mal Não Espera a Noite, foi tratado por ele como “filme apocalíptico de separação”.

Aclamado pela crítica, ele estrelou Florence Pugh no papel principal, e com orçamento de nove milhões de dólares, ele conseguiu gerar uma receita de quase 48 milhões.

Outro projeto do diretor que foi anunciado recentemente foi o remake de Save The Green Planet, longa sul-coreano de 2003, que conta a história de um homem que resolve sequestrar seu chefe para tentar salvar o planeta, que ele acredita estar prestes a ser invadido por alienígenas. O filme será produzido juntamente com Lars Knudsen, com quem Ari é acostumado a trabalhar, e com Joon-hwan Jang, cineasta que dirigiu o longa original.

Sem provisão de lançamento, e sequer do início da produção, o roteiro será feito por Will Tracy, que escreveu séries como Succession, da HBO, e esteve na equipe do programa Last Week Tonight With John Oliver.