Artista compartilha visuais INCRÍVEIS do Pantera Negra não utilizados nos filmes

Pantera Negra
Pantera Negra (Divulgação)

O artista Andy Park que já trabalhou no desenvolvimento de vários filmes da Marvel compartilhou em seu Instagram diversas imagens conceituais de trajes do Pantera Negra que não foram utilizados em Capitão América: Guerra Civil e no filme solo do herói. Na legenda, Park escreveu: “Rostos da Pantera Negra! Estes são alguns dos conceitos que fiz para a sua primeira aparição em Capitão América: Guerra Civil e o inovador filme Pantera Negra. Adoro ver o impacto que esses filmes tiveram sobre tantas pessoas. Mal posso esperar pelo próximo filme”.

Pantera Negra estreou nos cinemas em fevereiro de 2018 e foi dos maiores sucessos da Marvel Studios. O longa metragem teve direção de Ryan Coogler e arrecadou US$ 1,344 bilhão em bilheteria mundial. O elenco contou com Chadwick Boseman, Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o, Danai Gurira e Letitia Wright. Na trama, quando T’Challa consegue se tornar o rei de Wakanda, um parente distante ressurge para tomar seu lugar no trono. T’Challa deve recuperar seu lugar como rei e impedir que uma guerra comece.

O longa metragem alcançou 97% de aprovação da crítica e 79% de aprovação do público no Rotten Tomatoes, enquanto no IMDb teve a nota 7,3 /10. Veja abaixo alguns comentários sobre o blockbuster da Marvel:

“É épico de muitas maneiras e importante para todos nós experimentarmos, iniciarmos discussões e defendermos” – Sarah Knight Adamson, Sarah’s Backstage Pass.

“Boseman tem tanto carisma, charme, profundidade e graça, que é tão fácil acreditar nele como um rei quanto vê-lo fazendo acrobacias insanas como um super-herói” – Steven Prokopy, Third Coast Review.

“Pantera Negra pode demorar muito, mas não havia nada neste filme que não parecesse menos do que exatamente o que deveria ter ou poderia ter sido” – Dan Tabor, Phawker.

“Quando se trata de visuais criativos, ação envolvente e personagens agradáveis, ‘Pantera Negra’ está confiante ao lado da melhor tarifa oferecida pelo Universo Cinematográfico da Marvel” – Matthew Rozsa, Salon.com.