Associação do Reino Unido revela qual filme recebeu mais reclamações em 2019

Cena de Coringa (Reprodução / DC)
Cena de Coringa (Reprodução / DC)

O Britsh Board of Film Classification, entidade que cria os critérios para classificação da faixa etária dos filmes no Reino Unido, emitiu um relatório revelando qual o filme que recebeu mais reclamações em 2019. Segundo a entidade, Coringa recebeu mais reclamações do público por conta de violência e por colocarem a produção como proibida para menores de 15 anos.

O British Board of Film Classification relatou: “20 pessoas nos escreveram por conta de Coringa, contestando a classificação de 15 anos. Muitas declararam que deveríamos ter classificado o filme como impróprio para menores de 18 por conta da violência e do tom. Um pequeno número achou que o longa deveria ser banido. Há cenas de forte violência no filme que incluem esfaqueamento e tiroteio acompanhados de sangrentos detalhes nos machucados. Por outro lado, elas não mostram dor ou lesão de uma forma que exija uma classificação 18”.

Coringa foi um filme polêmico por tratar de diversas questões sociais como doença mental, violência e diferença de classes, por isso, a produção dirigida por Todd Phillips não é considerada própria para menores de idade. Nos Estados Unidos, Coringa recebeu classificação indicativa R, ou seja, proibido para menores de 17 anos,  enquanto no Brasil chegou com a classificação proibido para menores de 16 anos.

O elenco de Coringa contou com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz, Frances Conroy, Shea Whigham, Marc Maron, Bryan Callen e Glenn Fleshler. O longa metragem seguiu a história de Arthur Fleck, um comediante falido e com uma doença mental que tenta sobreviver em um violenta Gotham City. Após um série de desventuras, ele acaba se tornando o Coringa, que um dia virá a ser o maior inimigo do Batman.

O filme conseguiu arrecadar US$ 1,074 bilhão em bilheteria mundial, se tornando o filme adulto que mais arrecadou na história do cinema. Além disso, Coringa foi indicado a onze categorias no Oscar e vencendo três, sendo o de Melhor Ator para Joaquin Phoenix e Melhor Trilha Sonora Original para Hildur Guonadóttir.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.