Mark Ruffalo
Cena de Mark Ruffalo em trailer de Dark Waters (Reprodução/YouTube – Focus Features)

Há pouco tempo um problema entre a Sony e a Marvel quase tirou o Homem-Aranha do MCU. Os fãs ficaram chocados, inconformados com a possibilidade de não ter mais um filme do jovem herói. Mark Ruffalo, intérprete do Hulk nos filmes da Marvel, também se mostrou chateado com a história. Em entrevista ao ET, ele compartilhou sua reação ao saber que tudo tinha finalmente se resolvido.

“Acho incrível. Ele [Tom Holland] é um cara legal, um ótimo ator. Tive a sensação de que eles resolveriam o problema”, afirmou o astro da Marvel. Ele também não imagina ser possível separar o Homem-Aranha da Marvel. “Eu simplesmente não consigo nem imaginar, depois de tudo nós já fizemos juntos, tipo, como você os separaria”, disse.

O caso aconteceu em agosto, quando a Sony e Marvel tiveram um problema por causa das margens de lucros dos filmes futuros do herói, colocando as produções como incertas. No entanto, a situação foi resolvida um mês depois. “Estou emocionado que a jornada do Homem-Aranha no MCU continue e, eu e todos nós da Marvel Studios, estamos muito animados por continuar trabalhando nisso”, falou Kevin Feige em comunicado.

“O Homem-Aranha é um ícone e herói poderoso, cuja história atravessa todas as idades e públicos em todo o mundo. Ele também é o único herói com superpotência a atravessar universos cinematográficos, de modo que a Sony continua a desenvolver seu próprio Spider-Verse, que você nunca sabe quais surpresas o futuro pode trazer”, completou.

 

Dark Waters 

Mark Ruffalo poderá ser visto novamente nos cinemas no drama dirigido por Todd Haynes e escrito por Mario Correa e Matthew Michael Carnahan. O filme é baseado no artigo “The Lawyer Who Became DuPont’s Worst Nightmare”, escrito por Nathaniel Rich e publicado na The New York Times Magazine em 2016. O suspense acompanha a trama de Robert Bilott (Ruffalo), um advogado que associa uma série de mortes a uma grande empresa, a DuPont, transformando sua vida pessoal para expor a verdade sobre a história.

“É emocionante interpretar pessoas reais”, disse Ruffalo sobre a experiência com o novo filme. “Eu vejo isso como uma espécie de jornalismo, você sabe, honestidade brutal e radical”, completou o ator. [via ET]

O longa também é estrelado por Anne Hathaway, Tim Robbins, Bill Camp, Victor Garber, Mare Winningham, Bill Pullman, William Jackson Harper e Louisa Krause. “Dark Waters” estreou na última sexta-feira, dia 22, nos Estados Unidos.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui