Astro Daniel Craig conta por que aceitou o papel de James Bond

Daniel Craig como 007 (Imagem: Divulgação)

Cada geração possui seu Bond preferido, e para a mais jovem provavelmente Daniel Craig figura como o enigmático agente 007. Com um estilo mais… digamos, rude, do que seus antecessores, o ator britânico modernizou o clássico personagem.

Para a tristeza geral, Craig está prestes a pendurar as chuteiras como estrela da franquia com o novo 007 – Sem Tempo para Morrer, com direção de Cary Joji Fukunaga. Mesmo tendo admitido outras vezes que iria aposentar o título, dessa vez parece que a decisão é mesmo definitiva.

Como já comentado, Daniel modernizou a franquia, e esse foi o motivo principal que o fez aceitar o papel em primeiro lugar. Em entrevista à revista Empire, ele revelou a linha exata do roteiro de Casino Royale que o fez dizer sim: “Uma das razões foi a parte, ‘Uma vodka martíni, por favor’. ‘Batido ou misturado?’, minha resposta estava escrita no roteiro como, ‘Você acha que eu me importo, p**ra ?’. E foi isso. Essa a razão pela qual eu aceitei.”

Deixando sua marca

Em seguida ele elabora: “Porque o que eu não podia fazer, o que me recusava a fazer, era repetir o que havia sido feito antes. Qual seria o ponto disso? Então eu preferiria ter feito apenas um e dito, ‘Tudo bem, chutei e perdi. Tudo bem. Tentei meu melhor’.

É claro que “chutei e perdi” está longe de ser o caso aqui, uma vez que Sem Tempo para Morrer marca seu quinto capítulo como o agente secreto do MI6 em uma carreira de grande sucesso como o Bond mais longevo de toda a franquia – não em quantidade de filmes mas sim pelo tempo, 14 anos.

Na última aventura, James será forçado da aposentadoria por um velho amigo da CIA que precisa urgentemente da sua ajuda para salvar um importante cientista que foi sequestrado como parte do plano do vilão vivido por Rami Malek. O longa estreia em 2020.

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort