Astro de A Barraca do Beijo nega romance com protagonista mas faz grande revelação

Marco (Taylor Zakhar Perez) em A Barraca do Beijo 2
Marco (Taylor Zakhar Perez) em A Barraca do Beijo 2 (Reprodução)

Os fãs adolescentes querem a todo custo fazer seus ídolos do filme A Barraca do Beijo, da Netflix viverem um romance na vida real, e tanto Joey King, como Jacob Elordi já viveram essa pressão da criançada. Agora é a vez de Taylor Zakhar Perez se deparar com essa nova realidade. O ator de 28 anos tem sido abordado com diversas mensagens questionando sobre um romance real com a protagonista, algo que ele nega e até acha graça.

Ele participou do podcast Chicks In The Office e falou que ele e King se transformaram em grandes amigos, devido à proximidade geográfica inclusive: “Éramos companheiros de quarentena, então eu via [King] o tempo todo porque morávamos a cinco minutos um do outro. Nós sabemos qual é o nosso relacionamento, nos amamos muito”.

Mas segundo o ator, namorar com a colega não é algo fora de questão, e falou que até poderia namorar com ela pois ela é uma ótima pessoa: “Tem sido interessante como todos têm tentado fazer algo com isso [acreditar que os atores têm alto], mas tudo bem”, disse ele, acrescentando: “Quer dizer, eu adoraria namorar Joey King, ela é demais”, disparou.

Questionado pelos apresentadores do podcast, se não acha estranho se envolver com um amigo, ele diz que não é contra isso: “Sou um grande fã de namorar seu amigo, alguém que você conhece e em quem confia porque aí que tudo começa bem. Para mim, a intimidade não sexual é muito mais importante para mim no início. Gosto de coisas sensíveis. Se estou investindo tanto tempo em alguém com quem vou namorar, vou me certificar de que isso dure mais do que três meses. Estou mais interessado em metas de longo prazo quando se trata de trabalho, relacionamentos e tudo mais”

Ele continuou: “A vida é curta e você quer ter certeza de que a está passando com as melhores pessoas. Estou muito mais excitado pela intimidade emocional do que pela intimidade sexual no início. Eu amo isso”, concluiu.