Astro de The Walking Dead dá pista sobre voltar aos filmes de heróis da DC

Jeffrey Dean Morgan como James Wayne em Batman vs Superman: A Origem da Justiça (Imagem: Divulgação)

Conhecido por interpretar Negan em The Walking Dead, o ator Jeffrey Dean Morgan, tem um enorme carinho por outro personagem seu: Thomas Wayne, o pai do Batman, que ele viveu por alguns minutos em cenas de Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. Durante um bate papo em vídeo com o elenco da série da AMC, e do site ComicBook.com, ele disparou que o público talvez seja o seu retorno ao universo estendido da DC.

Anteriormente haviam surgido boatos de que o filme solo do Flash, protagonizado por Ezra Miller, mostraria o evento flashpoint, em que o velocista escarlate tenta voltar no tempo para impedir o assassinato de sua mãe, mas com isso acaba alterando diversos acontecimentos. Isso faria com que o herói se encontrasse com o pai do Batman, e mudasse seu destino de alguma forma.

No meio da conversa, quando o assunto parecia ser apenas The Walking Dead, Morgan foi questionado sobre como ele se sentia com Michael Keaton, que viveu o Batman em 1989 voltando para o papel. Ele brincou dizendo que Keaton, mais velho estaria tirando o papel dele, já que poderia facilmente viver o pai do Homem-Morcego.

“Michael Keaton entrou e levou o meu show”, brincou Morgan. “Não, acho isso super legal. Desde que Zack Snyder se afastou, todo o meu tipo de parte nesse mundo se afastou com ele. No entanto, sempre há um bate-papo em andamento. Então, vamos ver!”, disparou. Anteriormente, ele já havia falado sobre essa possibilidade em uma entrevista para o mesmo veículo.

“Olha, eu não sei, quero dizer, se houver uma chance, se me perguntassem eu diria que sim. Eu acho que a história do Flashpoint é a minha história favorita. Eu amaria fazer isso. Mas, você sabe, DC é DC e eles são, você sabe, é uma constante… parece que eles estão sempre meio que trocando quem está executando e o que eles vão fazer. Então, espero que o que eu gostaria de ver seja uma pequena continuidade com a DC, que eles entrem na pista e, então, cara, eu ficaria honrado e adoraria fazer isso mais do que qualquer coisa”.