Astro de This is Us revela o que sentiu ao voltar a gravar em meio à pandemia

Cena em que Randall (Sterling K. Brown) descobre que Tom Hanks pegou coronavírus em This is Us
Cena em que Randall (Sterling K. Brown) descobre que Tom Hanks pegou coronavírus em This is Us (Reprodução)

A quinta temporada de This is Us tem atraído a atenção de todos os fãs antes mesmo da estreia, que acontece nesta terça, 27 de outubro nos Estados Unidos, e Sterling K. Brown explicou qual sua sensação ao voltar a gravar depois de meses afastado por conta da pandemia de Covid-19.

“É muito diferente, mas ao mesmo tempo me sinto em casa. Quando eu estava longe eu pensava ‘eu quero voltar para aquilo o que eu amo’. Eu amo muito aquilo ali, não apenas as pessoas, mas as pessoas que trabalham lá” disse o ator que interpreta Randall Pearson em uma entrevista para o programa de Jimmy Fallon.

“Poder se comunicar com segurança é muito bom. Claro, existem toneladas de protocolos para termos certeza de que estamos fazendo isso com segurança, mas estamos todos muito felizes por voltar ao ar”, completou ele.

Brown foi questionado pelo apresentador sobre a ideia de Dan Fogelman, criador da série de fazer a estreia antecipada antes mesmo das eleições americanas para conseguir abordar a Covid-19, e o movimento Black Lives Matter.

“Eu acho que Dan, sendo um cara com espírito cívico, gostaria de se conectar com a população. Eu acho que a coisa especial sobre o nosso programa é que todos têm a chance de verem o reflexo de si mesmo nele”.

Na última sexta-feira, 23, o elenco se reuniu virtualmente com o showrunner, para falarem com a imprensa sobre a nova temporada, e Sterling explicou que mesmo tendo consciência de sua negritude, Randall foi criado em uma família branca que não abordou as diferentes entre brancos e negros, nem o alertado sobre preconceitos que ele sofreria.

“A forma como foi criado e as conversas que aconteceram em sua casa não são necessariamente representativas das conversas que ele deseja ter com os filhos, em virtude do que não aconteceu”, começou ele.

“E não que tenham sido pais ruins. Ele ama muito os pais; eles deram-lhe tudo o que eles sabiam, há certas coisas que simplesmente eram difíceis. Em geral, as conversas sobre raça em famílias acontecem com muito mais frequência em famílias negras do que em famílias brancas, certo?”, completou.  “Não é algo que está necessariamente na vanguarda da consciência”. This is Us terá sua estreia no Brasil nesta quarta-feira, no canal por assinatura Fox Premium, e no aplicativo Fox Play.

ankara escort