Astro do pornô, Ron Jeremy, é acusado de estuprar três mulheres

Ron Jeremy
Ron Jeremy (Reprodução)


O astro da indústria pornô Ron Jeremy foi acusado de estuprar três mulheres, e agredir sexualmente uma quarta em uma outra ocasião, segundo divulgado pela promotora Jackie Lacey, do condado de Los Angeles nesta terça-feira, 24 de junho. Três dos crimes teriam acontecido em um bar de West Hollywood em 2017, onde ele teria agredido sexualmente duas mulheres, com idades entre 33 e 46 anos, em ocasiões separadas, bem como violar uma mulher de 30 anos no mesmo bar em julho de 2019.

Os nomes das supostas vítimas não foram divulgados e os promotores recomendaram para Jeremy uma fiança de 6,6 milhões de dólares (algo em torno de 34 milhões de reais em conversão atual). Se condenado, o ator enfrentará uma possível sentença máxima de 90 anos de prisão. Nas denúncias recebidas pela polícia local constam três acusações de estupro forçado e penetração forçada por um objeto estranho, e uma de cópula oral forçada.

O Departamento de Vítimas Especiais do condado de Los Angeles passou dois anos investigando as acusações contra Jeremy, de acordo com um comunicado emitido pela instituição. Essas investigações começaram quando ele foi acusado de estuprar uma mulher de 25 anos em uma casa de West Hollywood em maior de 2014. O Ministério Público recusou um processo contra ele devido a evidências insuficientes decorrentes de um suposto incidente acontecido dois anos mais tarde, em 2016.

O advogado de Jeremy foi entrevistado pelo canal CNN, e revelou que está deixando de ter o ator de 67 anos como um de seus clientes, mas ressaltou através de um comunicado que as alegações feitas contra o cliente pela revista Rolling Stone em meio ao movimento Me Too se mostraram falsas.

“Quando a Rolling Stone acusou Ron de estar no movimento ME TOO, ele nos mostrou provas contra as alegações”, disse Rusciolelli no comunicado. “Na época, a polícia e os promotores apoiaram Ron. Desta vez, no entanto, o promotor público de Los Angeles está acusando-o de má conduta sexual e não nos foi dada nenhuma prova de sua inocência no momento. Esperamos que essas alegações contra ele não sejam verdadeiras, mas, se forem, esperamos que ele seja processado em toda a extensão da lei”.

Jeremy é considerado um dos ícones da indústria de entretenimento adulto. Ele entrou no Guinness por ter o maior número de aparições em filmes pornôs, com mais de 2.200 filmes na carreira. Ele ainda foi o tema do documentário de 2001, Porn Star: A lenda de Ron Jeremy.