Atitude drástica é tomada com Viúva Negra e o futuro é uma incógnita

Scarlett Johansson em cena de Viúva Negra (Imagem: Reprodução)

Como era esperado, Viúva Negra também teve sua estreia adiada por conta do surto do novo coronavírus. A questão é que a Disney resolveu adiar Viúva Negra indefinidamente.

O que isso significa? Não há uma previsão de quando o longa será disponibilizado nos cinemas. E isso pode demorar, cabe lembrar que Velozes & Furiosos 9 somente chagará às salas de cinema no ano que vem. Sim, um ano de espera!

Viúva Negra seria lançado em 01 de maio e, por ainda ter um tempo até isso ocorrer, a Disney estava aguardando o desenvolvimento do surto pelo mundo para bater o martelo. Ou seja, esperando que houvesse uma melhora. A questão é que, apesar de estar controlado na China, a pandemia está causando muitos transtornos no resto do mundo.

No Brasil, já são quase 300 casos confirmados, com uma morte registrada. Parece pouco perto do cenário que vemos nos Estados Unidos, por exemplo, porém, são números que se multiplicam dia após dia.

Há alguns dias, à Entertainment Weekly, a diretora Cate Shortland destacou a importância de Viúva Negra. “Acabamos relacionando com histórias sobre confiança e intimidade e sobre mulheres sobreviventes. Você não precisa ser um super-herói para se identificar com uma mulher que teve uma infância muito difícil e sobreviveu, e tem um coração enorme e ajuda outras pessoas”.

“Quando eu olho para os filmes anteriores, há muitos elemento fora da sua personalidade. Ela foi meio que objetificada. Muitas vezes, na verdade, nós não conseguimos ver quem realmente ela é – quem ela é por trás da máscara de heroína”, adicionou ela sobre o longa que conta no elenco com David Harbour como Alexei Shostakov/ Guardião Vermelho, Florence Pugh como Yelena, Rachel Weisz como Melina Vostokoff e O. T. Fagbenle como Rick, além da protagonista Scarlett Johansson.

Jornalista especializado em entretenimento, consumista de streaming e cinemaníaco de carteirinha.