Ator de Crepúsculo e namorada eram viciados em drogas pesadas, diz família

Boyce e Stewart em cena de Crepúsculo
Boyce e Stewart em cena de Crepúsculo (Reprodução)

Gregory Tyree Boyce, ator de Crepúsculo de 30 anos foi encontrado morto com a namorada na casa do rapaz, conforme informado pela família no último final de semana. A morte teria acontecido na semana passada, mais precisamente na quarta-feira, 13 de maio, mas não é o que diz o relatório da polícia publicado pelo site do jornal Daily Mail. O documento relata que quando as autoridades entraram no local, e encontraram o casal sem vida, eles já estavam “mortos há algum tempo”.

Os policiais foram chamados por um amigo do casal que havia ido fazer uma visita para ambos em Las Vegas, onde moravam, e se deparou com os corpos lá. Ele relatou que havia um pó branco em cima de uma das mesas que estavam próximas aos dois.

Segundo o site, a mãe de Gregory não chegou a esconder que o filho era viciado em drogas, inclusive relatando que era usuário de substâncias mais pesadas como cocaína e metanfetamina. A substância branca encontrada ao lado dos dois foi enviada para análise pelos peritos, embora não tenha tido sua procedência confirmada, de acordo com informações do TMZ.

“Como familiares de Gregory Boyce estamos muito tristes por nossa perda. Ele era pai, filho, neto, irmão, tio e amigo. Ele era a luz das nossas vidas e estamos muito tristes pela morte dela. O Gregory que conhecíamos era íntimo do mundo e uma boa pessoa. Um homem muito respeitoso e responsável. Sempre colocando os outros à frente”, diz um comunicado que a imprensa está divulgando assinado pela família de Boyce.

Ele era ator, e havia interpretado Tyler Crowley em Crepúsculo. O personagem era um tipo de valentão, que quase atropelou a protagonista Bella (Kristen Stewart), e teve seu carro amassado por Edward (Robert Pattinson), que a esta altura da história dava indícios de não ser humano. Segundo sua mãe, Boyce estava se dedicando a abertura de um restaurante.