Ator de Friends vai ser o novo James Bond? Astro dá resposta inusitada

Daniel Craig
Daniel Craig como o personagem 007, o agente secreto (Imagem: Divulgação)

A saída do ator Daniel Craig do papel de James Bond, o agente secreto 007, está deixando os fãs entristecidos. Entretanto, novos nomes já começaram a ser cogitados para o papel. Entre eles, um grande ator da série Friends. Trata-se de David Schwimmer, responsável por interpretar o personagem Ross Geller. Muitos estão apostando no ator, que logo respondeu se aceitaria ou não caso fosse convidado para o papel.

Em conversa com a GQ Magazine, durante um evento de promoção da série Intelligence, nova série de comédia da SKY, para o Reino Unido, o ator deu uma resposta inusitada: “Se me oferecessem o papel de James Bond – o que nunca vai acontecer em um milhão de anos – eu com certeza pegaria essa chance. Seria uma comédia ridícula”. A resposta sincera feita na brincadeira do ator também se estendeu a outro nome de Friends.

David Schwimmer cogitou a possibilidade de Lisa Kudrow, responsável por interpretar a personagem Phoebe na sitcom, também ser contratada para um próximo filme da franquia 007. O intérprete de Ross Geller brincou novamente, indicando que Kudrow poderia reprisar suas personagens de Friends no novo filme: “Você nunca sabe quando ela está mentindo. E ela também tem uma irmã gêmea, então elas poderiam trocar de lugar”.

Vale lembrar que, desde que foi anunciada a “aposentadoria” de Daniel Craig da franquia James Bond, na qual ele vivia o agente secreto 007, muitos nomes começaram a ser pensados pelo público para assumirem o lugar deixado pelo astro. Nomes femininos também começaram a ser cogitados, já que esse é o desejo de muitos: ver uma mulher à frente do papel principal na saga.

Entretanto, a produtora Barbara Broccoli informou que isso não vai acontecer. Em conversa com a Variety, ela afirmou: “Ele pode ser de qualquer cor, mas será um homem. Eu acredito que devemos criar personagens femininas mais fortes. Não estou interessada em pegar um personagem masculino e colocar uma mulher nele. Eu acho que as mulheres são bem mais interessantes do que isso”.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.