Ator de Mulan critica The Boys por silenciar personagem asiática

Jimmy Wong
Jimmy Wong (Reprodução/ Youtube)

Jimmy Wong, que estrelou como Ling no live-action de Mulan resolveu colocar a boca no trombone, e reclamar publicamente sobre a forma como as séries americanas têm retratado personagens de origem oriental. Através e uma publicação no Twitter ele falou que Hollywood geralmente coloca personagens asiáticos praticamente sem diálogos, o que aconteceu com Karen Fukuhara, tanto em The Boys como em Esquadrão Suicida (2016), e com Justin H. Min de The Umbrella Academy.

“A coisa menos favorita que eu percebi assistindo a séries durante a pandemia foi atores asiáticos incrivelmente sensuais, e de boa aparência interpretando personagens com quase NENHUM diálogo, com a [desculpa] de que são misteriosos?”, escreveu ele na rede social, com uma foto de Kimiko e Ben.

Karen Fukuhara e vai estar no painel da CCXP 2019 (Imagem: Divulgação)

Os fãs responderam as razões pelas quais os personagens são mais quietos, usando como exemplo a jovem de The Boys, que nos quadrinhos sofreu abuso, e ficou ‘muda’. Mas não contente com as respostas Jimmy Wong mostrou para seus fãs uma thread no twitter que relatava atores negros que também não tiveram tempo de fala nem de longe semelhante a outras estrelas brancas.

The Umbrella Academy
Klaus (Robert Shehan) e Ben (Justin H. Min) em The Umbrella Academy (Imagem: Reprodução)

Ele até relembrou uma entrevista do showrunner Eric Kripke dizendo que se arrependia de não ter dado mais espaço à Kimiko na primeira temporada da série da Prime Video: “Uma das coisas que eu gostaria de ter feito melhor na primeira temporada foi dar mais voz a Kimiko. Acho que caímos inadvertidamente em uma pequena armadilha. Existe o estereótipo de uma mulher asiática quieta, e eu estava muito consciente de que não queria fazer isso. Nós realmente temos que ter certeza de que esse personagem tem uma voz muito forte e um ponto de vista muito forte. E só porque ela não pode falar verbalmente, não significa que ela não possa falar. E que ela tem opiniões e é uma pessoa real”.

ankara escort