Ator de Pose faz duras críticas à Hollywood; saiba o que ele disse

Segunda temporada de POSE estreia esse mês. (FX/Reprodução)

O ator Billy Porter, estrela da série Pose transmitida pelo canal FX, aproveitou a oportunidade da sua participação no novo episódio da Mesa Redonda do The Hollywood Reporter com atores de drama e abriu o coração sobre todas as dificuldades que enfrentou na busca por papéis no cinema e na tv. O ator negro de 49 anos é abertamente gay, e afirmou ter estado muito perto de jogar a toalha e desistir da carreira após ser rejeitado constantemente para diversos projetos. Visivelmente frustado, Billy não hesita em fazer comentários denunciando o comportamento da indústria. Fazem parte da entrevista também Stephan James, Diego Luna, Sam Rockwell e Hugh Grant.

“É uma faca de dois gumes, porque de um lado existe o fato de eu ser uma pessoa negra e do outro de eu ser gay. Ninguém te vê como outra coisa. Se na descrição do personagem não estiver “extravagante” ninguém nunca pensaria em mim para nada”, explicou ele. O ator vai além, e critica como atores hétero são aplaudidos por interpretarem personagens LGBT enquanto o inverso raramente acontece. “Homens hétero interpretam gays e todo mundo quer dar um prêmio a eles, tipo: obrigado por nos agraciar com a sua presença!… Isso se torna muito cansativo.” A alfinetada foi direcionada exatamente para Richard Madden, sentado ao seu lado na mesa, que interpreta um personagem gay no sucesso “Rocketman” em cartaz nos cinemas, ao lado de Taron Egerton, ambos héteros até onde se sabe.

Pose retorna para segunda temporada

Billy continua, dizendo que ser convidado para Pose literalmente salvou sua carreira. A série trata da comunidade LGBT vivendo na Nova York dos anos 80, das festas e bailes onde toda a sua criatividade podia ser explorada. A nova temporada tratará do nascimento de “Vogue” da cantora Madonna como fenômeno cultural e da epidemia de AIDS que assolou a comunidade causando inúmeras mortes. Pose retorna ao canal FX em 09 de junho.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.