Ator de Star Wars entra para o elenco de Loki, série do Disney+

Richard E. Grant (Imagem: Reprodução)

Segundo informa o Discussing Film, a série Loki ganhou uma nova adição em seu elenco. Se trata de Richard E. Grant, ator britânico que recentemente pode ser visto nos cinemas como o General Pryde em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Detalhes sobre o personagem do ator ainda não foram revelados, mas, de acordo com o site, as negociações para a aparição na série já foram encerradas e o contrato foi assinado. Grant já esteve envolvido em outra produção da Marvel. Em 2017 ele interpretou o Dr. Zander Rice em Logan, filme dirigido por James Mangold e estrelado por Hugh Jackman.

Loki é estrelada pelo também britânico Tom Hiddleston, que reprisa o seu papel como o Deus da Trapaça. O elenco ainda conta com Owen Wilson, Sophia Di Martino, Gugu Mbatha-Raw e Cailey Fleming.

A previsão é que a série seja lançada na plataforma no primeiro semestre de 2021. A produção é dirigida por Kate Herron (Sex Education), com base num roteiro de Michael Waldron (Ricky & Morty). Ainda não há muitos detalhes sobre a trama, mas Tom Hiddleston adianta em uma entrevista o que o público pode esperar da produção. “Desde Vingadores: Guerra Infinita e com Vingadores: Ultimato, duas questões foram levantadas: será que o Loki está realmente morto e o que o Loki está fazendo com aquele cubo? A série vai responder a ambas as questões”, disse o protagonista.

A série do Disney+ deve contar com seis episódios, ambientados após os eventos de Vingadores: Ultimato. Na produção poderemos acompanhar o personagem usando os poderes do Tesseract, que ele roubou para conseguir viajar no tempo e modificar importantes acontecimentos históricos de acordo com interesse pessoal.

Tom Hiddleston comentou sobre o projeto, em entrevista à MTV News no ano passado, destacando a importância do personagem para sua carreira. “Eu já sabia sobre a série um mês e meio antes do lançamento mundial de Vingadores: Guerra Infinita. Sinto como se o conhecesse profundamente. Serão mais de dez anos o interpretando, e isso é uma coisa muito louca. Quando acabar de filmar a série, terei 40. Eu tinha 29 quando fui selecionado para o papel, ou seja, o papel representa uma grande parte da minha vida”, afirmou.

Ele ainda falou como a série pretende explorar Loki de uma forma que não aconteceu nos longas do MCU. “Ele tem dons muito específicos: inteligência, deslealdade, maldade, magia. E isso será posto à prova quando ele estiver enfrentando oponentes mais formidáveis, como nunca viu ou conheceu”, disse.

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.