[SPOILER] Ator opina sobre paternidade do vilão Coringa

Filme Coringa
Foto promocional com cena de Joaquin Phoenix em Coringa (Divulgação/Warner Bros. Pictures)

Para aqueles que já assistiram ao filme Coringa, não é novidade que há uma espécie de drama familiar no longa dirigido por Todd Phillips. A situação envolve a paternidade do vilão do universo da companhia DC Comics. E o assunto ganhou destaque recentemente, nas últimas conversas sobre o filme.

Em entrevista ao site de notícias de entretenimento The Hollywood Reporter, o ator Brett Cullen, responsável por interpretar o personagem Thomas Wayne no filme, falou sobre a possível paternidade de Coringa.

Arthur Fleck, verdadeiro nome do vilão, seria, segundo a história contada no filme, filho de Thomas Wayne. Essa revelação é uma das diferenças do longa, com relação à história original. A informação vem a partir de Penny, mãe do vilão, que trabalhou na mansão de Thomas.

Entretanto, Coringa descobre que sua mãe foi internada com problemas mentais e que ela teria possivelmente inventado a paternidade. Agora, na conversa com o THR, o ator Brett Cullen, possível pai de Coringa no filme, falou sobre o assunto.

“A história de fundo era de que a mãe de Arthur trabalhou lá [na mansão de Thomas] no passado, era uma linda mulher e isso levou a uma relação física com Thomas. Depois, na vida, ela entra e sai de institutos de saúde mental. Para mim, Thomas colocou ela lá”, disse o ator. E completou: “A ideia de que o Coringa é uma criança abandonada que não ganhou nada da Família Wayne é um motivo convincente para o ódio do personagem. O filme faz você ter pena de Arthur ao ver como ele luta com a mãe dele”.

Sem dar uma resposta definitiva sobre a paternidade, o ator deixou as opções em aberto. Vale lembrar que Coringa está atualmente em cartaz nos cinemas brasileiros, e o público pode acompanhar de perto a história do personagem vivido por Joaquin Phoenix.

 

Comentários