Ator faz revelação sobre nova temporada de A Maldição da Residência Hill

A série A Maldição da Residência Hill da Netflix, alcançou um rápido número de fãs, que já têm motivos para comemorar e se desesperar, já que a nova temporada promete ser ainda mais assustadora. Com o título de A Maldição da Mansão Bly (The Haunting Of Bly Manor), os novos episódios serão baseados no livro A Volta do Parafuso (The Turn Of The Screw), de Henry James, publicado em 1898. O diretor da série, Mike Flanagan, que já havia garantido que ela seria aterrorizando ganhou a corroboração de uma das estrelas do elenco, Oliver Jackson-Cohen.

Em entrevista ao site Collider, o ator, que interpretou Lucas na primeira temporada, contou que o diretor tem se superado nos novos episódios, e que os fãs tinham todo o motivo para se manterem animados.

“Eu tenho que dizer, é bem estranho. Foi bem estranho no começo, porque Victoria Pedretti e eu – nós dois interpretávamos gêmeos no ano passado – e então estamos juntos novamente, mas em Vancouver. Estávamos em Atlanta no ano passado e agora é uma equipe completamente diferente, embora seja o mesmo autor. Quando você faz um programa tão amado e bem recebido, como começar uma nova leva de episódios dele? Nosso diretor meio que superou isso. É incrível o que ele fez com Bly”, disse ele.

Atualmente Oliver Jackson-Cohen está viajando pelos Estados Unidos para a divulgação do filme O Homem Invisível (The Invisible Man), mas garante que voltará logo para Vancouver para filmar novos episódios do drama de suspense da Netflix, onde interpretará um homem de nome Peter. Até agora o que se sabe da nova temporada, é que a trama além de se basear no romance citado acima, também irá incorporar outros enredos fantasmagóricos do mesmo autor.

A história do material original do livro, gira em torno de uma governanta de uma mansão afastada que cuida de duas crianças, e acredita que o lugar esteja mal-assombrado, e isso gera um desconforto no leitor que não consegue saber se as visões dela são reais ou apenas alucinações.

Comentários