Ator revela o que aconteceria na trama de Punho de Ferro caso não fosse cancelada

Tom Pelphrey (Divulgação)

Punho de Ferro nunca foi uma série elogiada pelos fãs ou pela crítica e muitas coisas pesaram sobre ela após sua estreia em 2017. Cancelada pela Netflix quando a Disney adquiriu a Marvel Television e começou a mudar seus planos em relação a todo o universo, a série terminou com a promessa de uma terceira temporada. 

Curiosamente, mesmo sem muita repercussão em seu primeiro ciclo de episódios, o final do segundo ano atraiu a atenção dos espectadores que passaram a esperar ansiosos uma nova leva de Episódios, que provavelmente nunca vai acontecer.

Durante uma entrevista Tom Pelphrey, que interpretava Ward, acabou revelando quais eram os planos traçados para a terceira temporada. “Tinha um papo de ser… Acho que posso falar isso agora… Mas de [Danny e Ward] terem uma camaradagem e ligação tipo a de Butch Cassidy e Sundance Kid”, disse ele, fazendo referência ao filme Butch Cassidy, de 1969. Lembrando que o último episódio de Punho de Ferro, mostrou Danny Rand (Finn Jones) e Ward na Ásia tentando encontrar a origem de sua força enquanto acabava descobrindo um novo tipo de poder.

O ator continuou falando ao site comicbook.com sobre a série e questionado se aceitaria voltar ao papel ele afirmou que tudo é possível. “Não diria nunca para quase nada. Tudo dependeria das circunstâncias, timing e pessoas envolvidas”, finalizou. 

Punho de Ferro contava a história de Danny, um herdeiro de uma fortuna, que foi exilado em um mosteiro, onde aprendeu diversas técnicas de lutas, além de descobrir um poder incomum ao lutar.  A produção era parte da parceria entre Marvel Television e Netflix que começou com a criação de Demolidor, e avançou para Jéssica Jones, e Luke Cage. Juntos, os quatro protagonistas estrearam a série Os Defensores uma espécie de Vingadores da TV, que uniu todos eles com um objetivo em comum.