Ator volta a defender o final de Game of Thrones

Game of Thrones: Reprodução

Nikolaj Coster Waldau, conhecido pelo papel de Jaime Lannister em Game of Thrones, voltou a falar sobre as críticas a respeito do final da série e do tratamento dado aos personagens femininos. Em entrevista recente, Coster Waldau, que já está escalado para ser o protagonista do próximo filme The Silence, deu uma entrevista na qual falou sobre sua carreira e como se sente quando tem que revisitar algumas controvérsias.

Game of Thrones foi ao ar com seu último episódio no mês de maio do ano de 2019 e acabou provocando uma reação praticamente imediata de seus fãs que não se agradaram muito com a forma que a história se desenrolou.

Como era um dos finais mais esperados da história da TV, até hoje, mesmo depois de mais de um ano passado, ainda há aqueles que criticam os criadores da série pelo estrago causado. Entretanto, o que diz o ator de 50 anos é que ele acredita que toda essa raiva tem outro motivo: as pessoas têm dificuldade em aceitar quando algo realmente muito bom chega ao fim.

“Quando você conhece as pessoas, elas não têm problemas com esse final, mas então ficam atrás de um teclado e ficam teimosos e escrevem coisas que provavelmente não seriam o que diriam cara a cara. Gosto de falar com muitos fãs próximos de Game of Thrones e muitos acham que foi um ótimo final, só que ninguém queria que o show acabasse.”

Nikolaj também se lembrou dos primeiros dias da série quando muitos críticos disseram que a série maltratava as mulheres do elenco, produzindo cenas de nudez desproporcionais e representações de estupro.

O ator ainda disse que, embora o programa tenha feito bastante esforço para crescer, ele acredita que o final foi corrigido de uma forma interessante que reflete bastante o pensamento da sociedade atual.

ankara escort