Jason Bateman e Ryan Reynolds farão parceria em novo projeto

Ryan Reynolds
Ryan Reynolds (Imagem: Divulgação)

Depois de atuarem juntos na comédia “Eu Queria Ter a Sua Vida”, os atores Jason Bateman e Ryan Reynolds unirão forças em um novo projeto. Bateman faturou o prêmio Emmy de Melhor Diretor no último fim de semana pela série “Ozark”.

De acordo com o Collider, Jason ficará responsável pela direção enquanto Reynolds será a estrela da nova adaptação do jogo de tabuleiro “Clue“, criado pela gigante dos brinquedos Hasbro. Os atores estão desenvolvendo o roteiro – inicialmente nas mãos de Rhett Reese e Paul Wernick, conhecidos por “Deadpool” – e o longa será lançado pela Fox/Disney, como parte do contrato de 3 anos assinado por Ryan.

O filme original, lançado em 1985 e estrelado por Tim Curry, Eileen Brennan, Michael McKean, Madeline Kahn e Christopher Lloyd, seguiu a mesma premissa do jogo: O anfitrião, Sr. Boddy, admite aos seus convidados durante um jantar em uma mansão isolada, que é o homem por trás das chantagens que ameaçam a todos.

Quando as luzes se apagam, o Sr. Boddy aparece morto e agora todos são suspeitos do crime. O longa de Jonathan Lynn famosamente chegou aos cinemas com 3 finais diferentes, que confundiram o público. Não se sabe se a nova versão dirigida por Jason seguirá o mesmo conceito.

Além de escrever, dirigir e atuar em “Ozark”, Bateman também estrelou recentemente o longa “A Noite do Jogo”, enquanto Reynolds emprestou sua voz em “Pokémon: Detetive Pikachu”.

Ainda mais live-actions

A Hasbro não tem perdido tempo nos últimos meses ao anunciar seus vários projetos. A empresa tem a ambição de construir um novo universo cinematográfico baseado em vários dos seus heróis, entre eles Snake Eyes, personagem da franquia G.I Joe. As gravações devem começar em outubro desse ano, com previsão de lançamento para outubro de 2020.

Outra adaptação divulgada recentemente será “Os Micronautas” sobre os diminutos personagens do universo quântico, dirigido por Dean DeBlois (Como Treinar o Seu Dragão).

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.