Atriz abre o jogo sobre substituição de Scarlett Johansson em Viúva Negra

Viúva Negra (Divulgação)

Depois de serem veiculadas na internet as informações de que o primeiro filme de Viúva Negra, que chega já no próximo ano aos cinemas, poderia ser a última aparição de Scarlett Johansson na história, além de passar o bastão para outra personagem, parece que isso não não vai passar de um simples rumor. Foi cogitado que a atriz Florence Pugh, intérprete de Yelena na história, assumiria o lugar de Natasha Romanoff.

Entretanto, de acordo com a própria atriz Florence Pugh, isso parece não estar nos planos da Marvel. Embora a Viúva Negra já tenha tido seu destino em Vingadores: Ultimato, a história dos filmes-solo da personagem vai girar em outro momento e trazer outras etapas e desafios vividos pela personagem central, interpretada por Johansson há alguns anos nas produções da Marvel.

Em conversa com o site de notícias de entretenimento Uproxx, Pugh explicou que Yelena não será alvo desse rumor de substituição. “Certamente, enquanto o fazíamos, não pareceu o tipo de filme em que rola uma passagem de bastão. A direção e o sentimento por trás dele era genuinamente tentar fazer essa história complicada e dolorida. E fazer justiça a ela, já que muitos fãs estão esperando o filme dela”, disse a atriz britânica.

Vale lembrar que os rumores surgiram também a partir das histórias em quadrinhos da companhia Marvel Comics, que trouxe Yelena, mesmo como inimiga de Natasha, assumindo o título de Viúva Negra. Entretanto, talvez essa não seja a história reservada para a saga que estreia já na Fase 4 da Marvel, com o filme de Cate Shortland, que chega oficialmente em 30 de abril de 2020.

Embora a data de lançamento do filme já esteja próxima, muitos ainda se perguntam se o filme não chegou tarde demais. Em conversa durante sua aparição no programa The Late Show With Stephen Colbert, talk show exibido pela emissora CBS, dos Estados Unidos, a atriz Scarlett Johansson falou sobre o momento em que o filme chega para o público e discordou da posição de muitos, de que o filme chega tarde aos cinemas.

“Muitos me perguntam se o filme deveria ter acontecido antes e agora eles ficam pensando se hoje já não é tarde demais para isso. Mas eu não poderia mesmo ter feito esse filme há dez anos, quando nós começamos a nossa jornada na Marvel. Isso porque ele é algo tão… é um filme muito sobre a personagem”, disse a atriz.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.

bostancı escort