Atriz de Fuller House envolvida em escândalo está com medo DISSO acontecer na cadeia

Becky (Lori Loughlin) e Jesse (John Stamos) em Fuller House
Becky (Lori Loughlin) e Jesse (John Stamos) em Fuller House (Divulgação/ Netflix)

A atriz Lori Loughlin, conhecida por interpretar a Tia Becky (Rebecca Donaldson-Katsopolis) na série Full House (Três é Demais), e mais recentemente na continuação Fuller House da Netflix, está com medo de ser uma das vítimas do novo coronavírus depois que começar a cumprir sua sentença na prisão, segundo uma revista.

Ela terá que ficar dois meses na prisão, e ainda pagar uma multa de 150 mil dólares (cerca de 805 mil reais). Após o período em detenção, ela precisará realizar pelo menos 100 horas de trabalho comunitário. “Ela está morrendo de medo de pegar COVID-19, porque o vírus está devastando as prisões federais da Califórnia”, disse uma fonte à US Weekly.

Loughlin e o marido, o estilista Mossimo Giannulli se declararam culpados das acusações, de conspirarem para comprar vagas para as duas filhas na Universidade do Sul da Califórnia. O escândalo explodiu no fim do ano passado, quando 50 pessoas foram acusadas pelo FBI e pela procuradoria dos Estados Unidos por fraude.

A atriz, e seu marido foram alguns dos envolvidos, e chegaram a pagar 500 mil dólares para que as filhas estivessem garantidas na instituição. A pena de Mossimo é um pouco maior, cinco meses de prisão, 250 mil dólares de multa, e 250 horas de serviços comunitários. Caso eles não tivessem se declarado culpados, a pena seria ainda maior.

Devido ao escândalo, a atriz não teve seu contrato com a Netflix renovado, e não foi chamada para retornar à quinta e última temporada da atração. Sua ausência foi sentida pelos fãs, e chegou a ser explicada na segunda metade da temporada, quando em uma conversa com Jesse (John Stamos), sua ‘sobrinha’, DJ (Candance Cameron), citou Becky, dizendo que antes de tomar uma decisão era melhor que ele ligasse para a esposa. Jesse então dizia que não queria incomodá-la, já que ela estava lidando com problemas mais graves na casa dos pais.