Atriz de Mulher-Maravilha quer Spin-off de sua personagem nas telonas

Connie Nielsen
Connie Nielsen (Divulgação)

Se houve uma parte pouco explorada de Mulher-Maravilha e Liga da Justiça, foi o universo das amazonas, e há quem defenda a ideia de que o universo de Themiscira mereça um filme à parte, como Connie Nielsen, interpretou Hippolyta, mãe da princesa Diana (Gal Gadot), responsável por criá-la do barro.

Em entrevista ao Coming Soon, a atriz disse que ela e o elenco topariam mostrar mais o dia a dia das guerreiras da ilha habitada somente por mulheres. “Seria incrível, e adoraríamos fazer isso”. Nielsen estará no filme Mulher-Maravilha 1984, que devido à pandemia causada pelo coronavírus foi adiado para agosto, e começou a falar sobre o assunto de um filme próprio depois de uma ideia dada pela diretora do filme, Patty Jenkins.

Durante a Comic Con Experience, em São Paulo no ano passado, a diretora disse que estava planejando um filme com essa temática, mas ainda sem a certeza sobre os planos da Warner Bros ou da linha do tempo que o estúdio pretende seguir daqui para frente. Sobre viver novamente a amazona nas telonas, a atriz disparou: “Foi um pouco como uma volta ao lar. Vimos todas as pessoas, saímos. Foi muito fofo porque todas as meninas se reuniram”.

Durante a mesma entrevista, ela descartou qualquer possibilidade de interpretar novamente Dani Beck, sua personagem na série Lei e Ordem: Unidade de Vítimas Especiais. “Você está brincando comigo? Não. Literalmente existem essas pessoas que são obsessivas em odiar a personagem. Eu digo: ‘calma, pessoal’. Mas eu não sabia que essas pessoas existiam, até eu entrar no Instagram e elas começarem a me marcar em postagens”. A atriz substituiu Mariska Hargitay que se afastou das gravações para dar à luz. “Eles deveriam ser gratos a mim, eu permiti que ela estivesse em casa cuidando de seu bebê (risos). Ao invés disso fazem um ‘Nós odiamos Dani Beck’. Lei e Ordem não é mesmo para iniciantes”, brincou a atriz.

bostancı escort