Atriz japonesa de Miss Sherlock é encontrada morta aos 40 anos

Yuko Takeuchi, protagonista de Miss Sherlock, foi encontrada morta em seu apartamento (Imagem: Divulgação)

A atriz japonesa Yuko Takeuchi, que ficou conhecida pela sua participação na série Miss Sherlock, foi encontrada morta em seu apartamento pela polícia de Tóquio, neste domingo (27). Segundo a BBC, Yuko foi achada desacordada pelo marido Taiki Nakabayashi.

De acordo com o The Japan Times, a atriz de 40 anos chegou a ser levada a um hospital, localizado nas imediações de sua casa, onde a morte foi confirmada. A artista teria dado entrada na unidade de saúde sem apresentar sinais vitais. A causa da morte não foi divulgada, pelas autoridades locais ainda estarem investigando o caso. A suspeita é de suicídio.

Ao jornal japonês, a equipe de Yuko confessou que a notícia da morte causou surpresa. “Aconteceu do nada, nós estamos todos chocados e tristes por essa notícia”, declarou os representantes da intérprete.

Apesar do suicídio não ter sido confirmado como a causa da morte da atriz, há uma onda de artistas japoneses que vem tirando a sua própria vida nos últimos tempos, como os falecimentos recentes dos atores Haruma Miura, Sei Ashima e Hana Kimura.

Yuko Takeuchi era considerada uma das atrizes mais populares do Japão. Ela já esteve a frente de outros projetos, como Ring: O Chamado (1998), versão original de do clássico de terror O Chamado (2002), que depois ganharia mais filmes em Hollywood.

Entre os anos de 2004 e 2007, Yuko foi indicada três vezes ao prêmio de Melhor Atriz no Japanese Academy Awards. O seu maior destaque, entretanto, foi como a protagonista de Miss Sherlock, série da HBO. Na trama, a famosa deu vida a Sara Sherlock, uma versão feminina do icônico detetive Sherlock Holmes. A produção foi uma parceria entre a Hulu e HBO Asia, que chegaram a ser transmitidas para diversos países do ocidente.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.