Autor de Scrubs diz que sentiu vergonha de si mesmo por causa da série, e revela apelo dos fãs

Scrubs (Divulgação)

Na semana passada várias séries foram retiradas dos serviços de streaming por apresentarem cenas de blackface, que é o nome dado quando um ator branco, se pinta de preto para fazer piada com negros. A técnica é considerada extremamente desrespeitosa, e o movimento de retirada de episódios deste tipo começou depois que Tina Fey, autora de 30 Rock, escreveu uma carta aberta às plataformas pedindo a exclusão de quatro episódios.

Desde então, outras séries também tiveram episódios retirados, e nesta segunda-feira, 29 de junho, o criador da comédia médica Scrubs, Bill Lawrence, disse se envergonhar do programa, ressaltando que considera colocar novamente os episódios do programa no Hulu, mas somente depois que as cenas contendo blackface sejam apagadas na edição devido a uma pressão recebido nas redes sociais.

“O Twitter todo fica perguntando ‘Por que você tirou os episódios inteiros?’ Por que você não editou esses momentos e os colocou de volta? E eu disse a uma pessoa: ‘É uma pandemia. Eu realmente não tenho um mecanismo de edição no momento’”, disparou ele em um podcast.

Conversando com Donald Faison, e Zach Braff, estrelas do show no podcast Fake Doctors, Real Friends, Lawrence se desculpou com os dois atores. “A razão pela qual essa palavra showrunner existe na televisão é porque você é o guardião e qualquer coisa que seja permitida em um programa, você tem que se responsabilizar. Então, primeiro, desculpe-me que alguns de vocês tenham lidado com qualquer coisa porque, apesar de todos sermos amigos, era um ambiente super criativo e recíproco, vocês ainda, no final do dia, fizeram e foram receptivos a fazer qualquer coisa que lhe dissemos”, disse ele.

Ele se desculpou com os telespectadores, e falou que traiu a si mesmo ao colocar uma cena de blackface em sua série, mesmo depois de ter criticado o ator Ted Danson, que em 1993 fez blackface para 3 mil pessoas num evento comandado por sua então namorada, Whoopi Goldberg. “Lembro-me de estar chocado. O que diabos aquele cara estava pensando? E fico com vergonha de dizer agora eu me igualei. Quando Donald me lembrou que havíamos feito blackface no programa, me senti um merda”, explicou.