Autor de Stargirl revela como foi sua jornada até chegar a ter sua própria série de TV

“Icicle” – terceiro episódio da primeira temporada de Stargirl (Imagem: Divulgação/ The CW)

Stargirl fez sua estreia no straming da DC na última semana, assim como no canal americano The CW. A heroína adolescente chamou a atenção logo que surgiu nas primeiras cenas, e ganhou as críticas, e os fãs. Com um tom diferente de todas as outras séries de heróis, esta foi considerada altamente familiar, oferecendo entretenimento para diversas faixas etárias.

Segundo especialistas, há no programa medidas de ação, aventura, emoção, e tudo necessário para transformar a personagem em uma líder da nova geração. Claro que essas críticas deixaram o criador da série, radiante. Geoff Johns, criou a personagem dos quadrinhos como forma de homenagear sua irmã adolescente morta em um acidente aéreo nos anos 90, e falou sobre como se sente ao ver tudo o que ele criou aparecer num programa de TV.

“Emocionante”, começou ao relatar seu sentimento ao site ComicBook.com. “Foi realmente ótimo, quero dizer, foi uma coisa muito positiva. Eu escrevia roteiros à noite, porque só queria ser escritor. Meu objetivo era ter o cartão do sindicato Writer’s Guild. Eu ficava tipo ‘quando eu receber o cartão do sindicato, será assim’”, disse ele sobre seu pensamento enquanto criava a personagem.

“Mostrar essa história em quadrinhos foi realmente especial, e eu lembro que quando Lee Moder começou a fazer desenhos para Stargirl que eu acabara de escrever, ele estava enviando-os por fax. Eu era assistente do diretor Richard Donner, estávamos filmando Máquina Mortífera 4 em Malibu com um daqueles velhos aparelhos de fax em um dos trailers da produção, que haviam enrolado papel e ele os estava enviando por fax”, continuou ele. “Foi tão legal e emocionante.”

Segundo Johns, ele pôde conferir de perto o teste de Brec Bassinger que interpreta a personagem na série, e disse que ela foi perfeita, exatamente a energia que ele queria para a personagem, mas ele só ficou tranquilo ao ver o cartaz que a The CW fez para divulgar o show. “Era incrível. A imagem captura o espírito tão perfeitamente para nós, que foi como a tampa final. Eu estava tipo ‘oh meu Deus, é real’”.

Comentários