Batman comemora seus 80 anos de história na CCXP 2019

Painel Batman 80 anos CCXP19 (Imagem: Divulgação)

A CCXP 2019 recebeu na tarde dessa quinta-feira, dia 06, um painel especial em comemoração aos 80 do Batman com a presença de grande nomes dos quadrinhos. Estiveram presentes o lendário Neal Adams, o ilustrador brasileiro Rafael Grampá, Neal Adams, Frank Quitely, Eduardo Risso, entre outros.

O encontro foi uma verdadeira aula para os amantes de comics e do Homem-Morcego, durante a qual foram discutidos vários aspectos do personagem e suas encarnações ao longo da história. Quando perguntado sobre o começo de tudo, Neal afirmou que os primeiros quadrinhos foram criados por escritores e desenhistas ruins, e que os artistas de hoje são infinitamente melhores. 

Grampá aproveitou a oportunidade e falou sobre a polêmica criada em torno do seu pôster, que acreditava-se havia foi banido na China por incitar os protestantes. “A DC postou a arte sem nenhuma informação, sem o meu nome, nada, e depois deletaram. Então as pessoas acharam que ele havia sido retirado a mando do governo chinês”.

Desvio

A partir daí a discussão tomou um enfoque político, com Neal abertamente criticando o presidente americano Donald Trump, ao que Rafael retrucou com críticas ao atual governo brasileiro. Como não poderia deixar de ser, o filme mais comentado do ano também foi lembrado. Um diretor e um ator foram lá e fizeram esse filme, esqueceram a maquiagem e exploraram o que faz do personagem um cara insano. E deixaram todo mundo de queixo caído”, declarou Adams. 

No fim, foi levantada a questão da identidade do famoso super-herói: Eu sou Batman, você é Batman. Se você ajuda uma senhora a atravessar a rua, você também é o Batman”. E ainda: “Não precisamos explicar quem o Batman é, isso todo mundo já sabe. Nós nos apropriamos do personagem e fazemos o que queremos com ele. Essa é parte divertida”.

Todos no painel admitiram estar ansiosos para conferir a versão de Robert Pattinson como o Homem-Morcego, com uma história que irá focar mais no aspecto de detetive de Bruce. “Sempre que nos afastamos muito de quem o Batman é, acabamos voltando para as raízes”, concluiu Neal.

 

Painel Batman 80 anos CCXP19 (Imagem: Evie Diane/Spinoff)

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.