BBB 18: C*r*lh* 92%

Nayara foi eliminada do Big Brother Brasil 18 (BBB 18) com 92% dos votos. Um dos maiores índices de rejeição da história do programa.

Mas… falar da pessoa eliminada em questão… pra quê? Vamos falar justamente dessa tal taxa de rejeição e em como ela funciona em realitys como o BBB.

EU confesso que não estou assistindo ao BBB 18. Raramente escrevo sobre o programa nesse blog. Mas dessa vez eu não poderia deixar passar por conta desses números, e do impacto que eles tiveram.

Um desses impactos imediatos é o título desse post. A frase acima entrou no Trending Topics Brasil do Twitter, e por lá ficou por algumas horas. E não é apenas uma hashtag. É um sentimento coletivo. Especialmente pela expressão completa (que jamais colocaria no título desse post porque não pegaria bem, mas no corpo do texto e dentro do contexto aplicado, até que vai)…

Caralho 92%!

Nem sei quem é Nayara direito, mas consigo imaginar que essa menina realmente fez uma merda muito grande para a audiência do BBB premiá-la com uma das maiores rejeições de todos os tempos no reality. O recorde ainda pertence à Aline, do BBB 5 (95%), que é mais uma pessoa que meu cérebro não consegue mais registrar quem é.

Realitys como o BBB são, basicamente, concursos de popularidade. Talvez esse aqui só perde para o The Voice no que se refere ao peso da popularidade de alguém para influenciar no vencedor do programa. Digo isso porque o reality musical envolve o talento da pessoa como princípio básico para sua participação, o que agrega valor na decisão do espectador.

Já no caso do reality de convivência, basta você ter uma personalidade que agrade ao público. É claro que não vou aqui ignorar o quão complexa é a convivência em grupo, e como ela pode afetar o desempenho de um competidor. Mas ter 92% de rejeição é a somatória de outros dois competidores serem mais populares, e aquela pessoa ter feito algo muito errado, que enfatizou tal porcentagem.

Sem falar que outro termo que entrou nos Trending Topics Brasil no Twitter relacionado ao programa (e que foi bem engraçado também pela expressão utilizada) foi Quase 93%.

De novo: chama a atenção o número, e chama a atenção as reações da audiência.

Para você, que assiste ao BBB… me diz aí o que a Nayara fez de tão sério. Estou curioso.

bostancı escort