Black Is King: Álbum visual da Beyoncé ganha primeiro trailer

Beyoncé (Imagem: Divulgação)

Na última semana foi anunciada a chegada do novo álbum visual da Beyoncé, Black Is King, que é inspirado no filme O Rei Leão (The Lion King), e que chegará no Disney+ no dia 31 de julho. Black Is King é escrito, dirigido e tem produção executiva de Beyoncé. O álbum estrará após o aniversário de um ano do lançamento teatral do remake de O Rei Leão ao qual Beyoncé dublou Nala, além de cantar a música Spirit.

Foi divulgado vídeo de Black Is King no sábado à noite no beyonce.com, e logo em seguida no canal do Youtube do Disney+. Confira abaixo:

O álbum produzido pela Beyoncé contará com a participação de Childish Gambino, Kendrick Lamar, Pharrell, 070 Shake, Tierra Whack, Jay-Z, Blue Ivy Carter e Jessie Reyez, além de artistas africanos, incluindo Wizkid, Shatta Wale, Burna Boy, Mr Eazi, Tiwa Savage , Tekno, Yemi Alade, Busiswa e Salatiel. O álbum visual ficou em produção por um ano, e contou com elenco e equipe que representam a conectividade e a diversidade.

“Black Is King é um livro de memórias comemorativas do mundo sobre a experiência Black”, disseram um comunicado da Parkwood Entertainment e da Disney. “O filme é uma história para todas as idades que informa e reconstrói o presente. Uma reunião de culturas e crenças geracionais compartilhadas. Uma história de como as pessoas deixadas mais desoladas têm um presente extraordinário e um futuro com propósito”.

As duas empresas ainda disseram que o álbum fazem uma homenagem às viagens das famílias negras ao longo do tempo. Usando as lições de O Rei Leão, a produção conta sobre a jornada de um jovem rei em busca de sua própria identidade, sendo guiado por seus antepassados, somado aos ensinamentos de seu pai e o amor de infância, além do outras virtudes que o ajudarão a retomar o trono.

“Essas lições atemporais são reveladas e refletidas pelas vozes negras de hoje, agora em seu próprio poder. Black Is King é uma afirmação de um grande objetivo, com visuais exuberantes que celebram a resiliência e a cultura dos negros. O filme destaca a beleza da tradição e da excelência negra”, acrescentou o anúncio.