Box office do filme Aves de Rapina preocupa a Warner

Aves de Rapina/Divulgação

Apesar as críticas positivas iniciais, a Warner começa a enfrentar problemas com os resultados do box office de Aves de Rapina, que está bem abaixo do que apontavam as previsões. O longa estrelado por Margot Robbie marca a aventura solo da personagem após o término do seu relacionamento com o Coringa.

O estúdio Warner Bros está enfrentando preocupações com o faturamento de Aves de Rapina na primeira sexta-feira desde o seu pré-lançamento da noite da última quinta, nos Estados Unidos. Os números mostram apenas 13 milhões de dólares no mercado doméstico, isso já somados os 4 milhões da quinta. O filme dirigido por Cathy Yan está em cartaz em 4,236 salas ao redor do país, tendo conseguido U$3,075 por cinema.

Internacionalmente, o longa abriu em primeiro lugar nos 5 mercados principais: Rússia ($1.6M), Reino Unido ($1.2M), México ($1.2M), Brasil ($1.1M), e Austrália ($991mil). Nesse passo, a previsão inicial de que estava entre U$45 e 50 milhões para o primeiro final de semana deverá ser ajustado para 35 milhões.

Consequências

Estrelado por Robbie, Mary Elizabeth Winstead, Jurnee Smollett-Bell, Rosie Perez, Ella Jay Basco, Ewan McGregor, e Chris Messina; Aves permanece com nota B+ no CinemaScore e 83% de aprovação no site especializado Rotten Tomatoes, além de ter figurado como um dos lançamentos mais aguardados de 2020.

É incerto, assim, porque o título não conseguiu garantir uma estréia mais bombástica. Pode-se apontar para os elementos explicitamente feministas que, ainda devido ao preconceito existente entre os amantes do gênero, pode ter afastado muitos fãs do cinema. Outra razão pode ser efeito deixado por Esquadrão Suicida, que foi enterrado tanto como fracasso de público quanto de crítica.

Os números continuaram a ser monitorados nesse sábado (08) e domingo, e o resultado final deverá ser divulgado em seguida. Vale lembrar que um resultado muito aquém do esperado pode colocar em risco os planos de possíveis sequências ou spin offs.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.