Sequência “Bruxa de Blair” de 2016. (Divulgação)

Em 1999 A Bruxa de Blair chegava aos cinemas e sem saber, Daniel Myrick e Eduardo Sanchez estavam criando algo novo que mudaria o gênero do terror para sempre. Com uma ideia simples e baixo orçamento, colocando as câmeras nas mãos dos próprios atores e filmando as cenas com uma mistura de documentário e ficção, o longa fez enorme sucesso e gerou outros dois títulos, que infelizmente não foram muito bem recebidos. Agora os diretores falam sobre um novo filme, que caso aconteça, voltará às raízes do original.

Eu ainda acho que existe um meio de trazer de volta um pouco do mistério de A Bruxa de Blair, que seria o elemento de novidade. Eu não tenho certeza se uma sequência seria a melhor forma de fazer isso. Pra mim, teria que ser um filme singular e único, algo que não parecesse com um filme normal, que não tivesse o mesmo tema de um filme comum“, declarou Sanchez em entrevista ao Comic Book. Depois de “Bruxa de Blair 2 – O Livro das Sombras” e “Bruxa de Blair”, o diretor acredita que o melhor caminho seria voltar ao começo, às origens da lenda de Elly Kedward e aos acontecimentos ocorridos em Maryland nos anos 1700.

Possibilidades

Ainda segundo Eduardo, ele e o produtor Gregg Hale tinham visões bastante específicas sobre o futuro da franquia após o primeiro filme, porém as ideias não puderam sair do papel por diversos motivos. “Sempre pensamos nos filmes tendo sua própria assinatura. Queríamos filmar a história do [serial killer] Rustin Parr em preto e branco e a de Elly Kedward com atores completamente desconhecidos da Europa, tudo o mais autêntico possível“, revelou. Uma série de tv inspirada em A Bruxa de Blair foi noticiada ano passado, mas ao que parece o projeto encontra-se estacionado.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui