Bryan Singer quase colocou astro da música em papel principal de X-Men: O Filme

X-Men (Foto: Divulgação / Fox)

No dia 13 de julho X-Men: O Filme comemorou 20 anos de seu lançamento. O The Hollywood Reporter fez uma série de entrevistas onde desenterrou diversas curiosidades sobre o longa metragem, algumas interessantes, sobre a escolha dos uniformes de couro para o elenco, e outras mais obscuras, como as condutas abusivas do diretor Bryan Singer que quase causou o fim do filme.

Mas um dos fatos mais curiosos revelados sobre X-Men: O Filme é que Michael Jackson queria ter um papel principal. O THR relatou que na época Bryan Singer estava no auge de sucesso como diretor, contudo, rolava muita imprevisibilidade em suas decisões, e ele ainda não era fã da equipe de mutantes, o que fez com o produtor Tom DeSanto o ajuda-se realizar o filme.

A falta de compreensão de Singer sobre a equipe pode explicar por que Michael Jackson foi autorizado a comparecer e se apresentar para o papel do professor Charles Xavier, líder da equipe. Segundo a reportagem, Michael Jackson chegou aos escritórios da Fox e exibiu um curta-metragem intitulado Ghosts, no qual o cantor pop interpreta um velho prefeito branco que lidera uma multidão de manifestantes que não gosta de um artista que gosta de fazer truques de mágica para crianças. É diferente. Abaixo, você pode conferir o curta-metragem Ghosts na íntegra:

Michael Jackson aparentemente achou que isso era evidência visual suficiente para interpretar Charles Xavier em X-Men. E quando a produtora Lauren Shuler Donner decidiu abrir o jogo com o cantor, mas ele pareceu não se importar muito. “Eu disse a ele: ‘Você sabe que Xavier é um cara velho e branco?’ E Michael disse: ‘Ah, sim. Você sabe, eu posso usar maquiagem'”.

É incrível que com tantas reviravoltas de bastidores o filme dos X-Men tenha acontecido e se tornado um grande sucesso. Com isso, o longa metragem ganhou mais duas sequências, além de outros filmes focados no Wolverine e na equipe no início da carreira.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.