Canário Negro de Arrow não viu o filme Aves de Rapina

Juliana Harkavy interpreta a Canário Negro em Arrow e Jurnee Smollett-Bell em Aves de Rapina (Imagem: Divulgação)

Juliana Harkavy é a responsável por dar vida à Dinah Drake, a Canário Negro, no Arrowverse. No penúltimo episódio de Arrow, intitulado “Green Arrow and the Canaries”, a personagem apareceu na Star City de 2040 cantando em seu próprio clube. Paralelo a isso, a atriz revelou a sua opinião sobre a versão de Jurnee Smollett-Bell no filme Aves de Rapina.

Em entrevista concedida ao ComicBook, Harkavy contou que ainda não assistiu, apesar da expectativa. A atriz mostrou empolgação, principalmente com a música, por ser algo muito importante para a personagem.”Eu não assisti ao filme Aves de Rapina“, disse. “Vi muitos clipes online e procurei Jurnee e a música dela. E estou realmente empolgado em ver o filme. Mas eu era mais, a razão pela qual sempre quis fazer a música era porque fazia parte do personagem dos quadrinhos”.

A atriz do Arrowverse acrescentou: “Então, acho que é legal fazer parte do filme. E agora fará parte do novo show. Eu acho que é parte integrante da Canário Negro. E também é algo literal, porque só para você saber, ela é um canário que canta. Então, eu acho isso muito legal”. A série derivada de Arrow ainda não possui previsão de estreia, mas, recentemente, o presidente da The CW afirmou que o spin-off e o prequel de The 100 vão acontecer.

 

Aves de Rapina

Dirigido por Cathy Yan, com base no roteiro de Christina Hodson, o filme acompanha a Arlequina (Margot Robbie), após romper com o Coringa, em uma grande aventura em Gotham City. Ela se junta com a Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), Canário Negro (Jurnee Smollett-Bell), e com Renee Montoya (Rosie Perez), para proteger a jovem Cassandra Cain (Ella Jay Basco) e enfrentar o vilão Máscara Negra (Ewan McGregor). O longa da DC/ Warner Bros. ainda conta com Chris Messina, Ali Wong, Robert Catrini, Charlene Amoia, Steven Williams, Derek Wilson, François Chau e Matthew Willig.

Aves de Rapina recebeu boas críticas, mas o filme não alcançou bons números em sua passagem pelos cinemas. Com um orçamento de US$ 84,5 milhões, o longa arrecadou US$ 199 milhões nas bilheterias mundiais.

 

 

Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), apaixonada por literatura, cartas e pela magia do cinema. Escritora de histórias e trajetos dos amores.