Cancelado, Festival de Cinema de Telluride revela indicados à premiação; Confira

Telluride Film Festival (Imagem: Divulgação)

O impacto da Covid-19 na cadeia de produção cinematográfica reverberou pelos festivais de cinema e levou ao cancelamento do Telluride Film Festival.  Parte do circuito estadunidense, o evento ocorre anualmente na cidade de Telluride, Colorado nos Estados Unidos desde 1974.

Agora, três semanas após seu cancelamento, os organizadores do festival divulgaram a lista de atrações selecionadas para o evento de 2020. De acordo com Julie Huntsinger, diretora-executiva do festival, a ideia é honrar os filmes selecionados, já que alguns títulos não foram indicados a outros festivais. 

O Telluride Film Festival também concede o “Silver Medallion Award” em reconhecimento a personalidades da indústria cinematográfica. Os indicados deste ano ao prêmio são Cholé Zhao, diretora de Nomadland; Kate Winslet, de Ammonite; e Anthony Hopkins, de The Father.

A lista de filmes selecionados é composta por mais de 20 títulos, quase todos norte-americanos e europeus de diversos gêneros, entre os quais se destacam After Love, de Aleem Khan; o documentário “Andrey Tarkovsky: A Cinema Prayer”, dirigido pelo filho do famoso cineasta soviético e o drama Concrete Cowboy, estrelado por Idris Elba. 

Confira a seleção de filmes do Festival de Cinema de Telluride:

After Love (Reino Unido, direção: Aleem Khan)
All In: The Fight for Democracy (EUA, direção: Liz Garbus e Lisa Cortés)
The Alpinist (EUA, direção: Peter Mortimer e Nick Rosen)
Ammonite (Reino Unido, direção: Francis Lee)
Andrey Tarkovsky. A Cinema Prayer (Itália, Rússia e Suécia, direção: Andrey A. Tarkovsky) Apples (Grécia, Polônia e Eslovênia, direção: Christos Nikou)
The Automat (EUA, direção: Lisa Hurwitz)
The Bee Gees: How Can You Mend a Broken Heart (EUA, direção: Frank Marshall)
Charlatan (República Tcheca, Irlanda, Polônia e Eslováquia, direção: Agnieszka Holland) Concrete Cowboy (EUA, direção: Ricky Staub)
Dear Mr. Brody (EUA, direção: Keith Maitland)
The Duke (Reino Unido, direção: Roger Michell)
The Father (Reino Unido e França, direção: Florian Zeller)
Fireball: Visitors From Darker Worlds (EUA e Reino Unido, direção: Werner Herzog e Clive Oppenheimer)
Ibrahim (França, direção: Samir Guesmi)
Mainstream (EUA, direção: Gia Coppola)
Mandibules (França, direção: Quentin Dupieux)
MLK/FBI (EUA, direção: Sam Pollard)
The Most Beautiful Boy in the World (Suécia, direção: Kristina Lindström, Kristian Petri)
Never Gonna Snow Again (Alemanha e Polônia, direção: Ma?gorzata Szumowska e Micha? Englert)
Nomadland (EUA, direção: Chloé Zhao)
Notturno (Itália, França e Alemanha, direção: Gianfranco Rosi)
Pray Away (EUA, direção: Kristine Stolakis)
There Is No Evil (Irã e Alemanha, direção: Mohammad Rasoulof)
To the Moon (Irlanda, direção: Tadhg O’Sullivan)
Torn (EUA, direção: Max Lowe)
The Truffle Hunters (EUA, Itália e Grécia, direção: Michael Dweck e Gregory Kershaw)
Truman & Tennessee: An Intimate Conversation (EUA, direção: Lisa Immordino Vreeland)
The Way I See It (EUA, direção: Dawn Porter)

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.

ankara escort