Caso extraconjugal antigo com atriz faz chefão da NBCUniversal deixar cargo no estúdio

Ron Meyer
Ron Meyer (Divulgação/ NBC)

Uma confusão envolvendo figurões da indústria cinematográfica está acontecendo nos Estados Unidos. Ron Meyer, um dos chefões da NBCUniversal teve seu caso extraconjugal com a atriz Charlotte Kirk descoberto e acabou deixando o cargo, alegando que estava sendo alvo de chantagens e extorsão. Segundo a imprensa americana, dois diretores que teriam descoberto sobre isso seriam responsáveis pelo crime. São eles, Joshua Newton e Neil Marshall, diretor de Hellboy (2019) segundo o The Wrap.

Segundo a matéria publicada no site, Marshall que é atual namorado de Kirk, e Newton, que já teve um relacionamento com ela, agiram de forma separada, sem saberem sobre as ações do outro. Eles teriam chantageado o executivo durante todo o ano passado exigindo dinheiro, além de verbas para a produção de filmes, e aprovação de projetos de cinema, para não revelarem a história ao mundo.

Joshua Newton inclusive está produzindo atualmente um filme, em que a ex-mulher aparecerá como protagonista. Ela será Nicole Brown, que no enredo, é esposa do jogador de futebol O.J. Simpson. Procurado pelo site, ele resolveu não se manifestar publicamente sobre o caso, já Marshall negou qualquer envolvimento com a situação: “As alegações envolvendo o meu nome e Ron Meyer não tem nenhum fundamento. São maliciosas e prejudiciais e ninguém deveria se envolver na disseminação de alegações mentirosas”, disse.

Ron Meyer, de 75 anos, pediu demissão do seu cargo publicamente na última terça-feira, 18 de agosto depois que o escândalo veio à tona afirmando que pessoas estavam tentando o manipular e prejudicá-lo, devido ao seu relacionamento consensual com uma mulher, algo que tinha acontecido há muitos anos. Ele estava no cargo de diretor da NBCUniversal há cerca de 25 anos. Nem ele, nem a empresa da qual ele fazia parte quiseram comentar o ocorrido. O affair de Ron e Charlotte teria acontecido no início dos anos 2000.