Cássia Kis fala sobre aparência em nova série do Globoplay

Cassia Kis vive uma bruxa na série Desalma (Divulgação)

Cássia Kis irá protagonizar a série Desalma, nova produção do Globoplay, que acabou sofrendo um adiamento, devido a pandemia. Antes de ser suspensa, a trama estava prevista para ser lançada em junho de 2020.  Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a atriz falou do novo trabalho e comentou sobre sua aparência.

“Eu sou uma mulher de 63 anos, cuja aparência nesse série é de 357. Cabelo branco eu já tenho, mas eu tenho insistido no cabelo curto. A gente fez um cabelo bem comprido de bruxa, acentuamos ainda mais as minhas rugas, mas a minha personagem, por trás dessa bruxa, é uma história de vida e de morte”, contou ela.

Desalma é ambientada na floresta de São Francisco de Paula, região da serra gaúcha, no ano de 1988. O plot da série gira em torno de um crime que acontece na cidade fictícia de Brigida. Embora o fato tenha sido “solucionado” 30 anos depois, em 2018, outros aspectos chamarão a atenção a fim de mostrar que o crime não fora resolvido.

Kis rodou recentemente o filme, O Pastor e o Guerrilheiro, longa de José Eduardo Belmonte. A veterana ainda comentou sobre o papel da arte na sociedade. “A arte tem essa função de fazer com que você faça revisão o tempo todo. A arte tem essa força. Eu não vejo salvação em outro lugar”, afirmou a atriz.

Cumprindo o período da quarentena no Rio de Janeiro, a artista ainda desabafou a respeito da pandemia. “É uma luta para estar viva. Tem dias que eu estou muito bem, tem dias que eu acordo e me pergunto se não é um pesadelo. Você tem o pesadelo que é enfrentar uma pandemia e você tem outros históricos, por trás, no Brasil, confusos. Fica de fato uma sobrecarga muito grande”, revelou a famosa que afirmou que a pandemia tem provocado uma grande oscilação de emoções.